Mostrando itens por marcador: governoderoraima

Sexta, 27 Novembro 2020 22:50

COMUNICADO

O Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado. As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 130.055 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Destes, 62.816 foram confirmados, sendo  11.929 por RT-PCR e 50.887 por teste rápido, 67.239 foram descartados, sendo 11.570 por RT-PCR e 55.669 por teste rápido e 727 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença, 755 em Alto Alegre, 514   no Amajari, 47.072 casos foram notificados em Boa Vista, 1.231 em Bonfim, 1.342 no Cantá, 1.310 em Caracaraí, 1.032 em Caroebe, 492 em Iracema, 1.250 em Mucajaí, 387  em Normandia, 1.707 em Pacaraima, 1.922 em Rorainópolis, 873 em São João da Baliza, 265 em São Luiz e 979   em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 1.031 em Alto Alegre, 656 em Amajari, 51.169 notificações ocorreram em Boa Vista, 1.766 em Bonfim, 701 no Cantá, 1.675 em Caracaraí, 1.313 em Caroebe, 678  em Iracema, 1.495 em Mucajaí, 360  em Normandia, 646 em Pacaraima, 2.738 em Rorainópolis, 765 em São João da Baliza, 355 em São Luís e 406 em Uiramutã.

O Estado também contabiliza 727  óbitos por Coronavírus (COVID-19), 17 em Alto Alegre, 16 em Amajarí, 532 no município de Boa Vista, 14 no Bonfim, 14 no Cantá, 17 em Caracaraí, 08 em Caroebe, 06 em Iracema, 14 em Mucajaí, 16 em Normandia, 29 em Pacaraima, 27 em Rorainópolis, 03 em São João da Baliza, 04 São Luiz e 05 em Uiramutã.

Além disso, 60.069 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados.

Deste total, 725 em Alto Alegre, 498   em Amajari, 44.767 são de Boa Vista, 1.219 de Bonfim, 1.274 no Cantá, 1.295 em Caracaraí, 1.013 em Caroebe, 485 em Iracema, 1.218 em Mucajaí, 384 em Normandia, 1.668 em Pacaraima, 1.890 em Rorainópolis, 869 em São João da Baliza, 163 de São Luiz e 976 em Uiramutã.

Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Publicado em DESTAQUES

O técnico de informática, Alef Souza, 26 anos, fez a primeira doação de sangue em 2014 e desde então tem praticado o gesto de solidariedade com frequência. O interesse de se tornar um doador ficou mais forte durante a experiência de dois anos de trabalho no Hemoraima (Centro de Hemoterapia e Hematologia de Roraima), quando ele viu de perto como a doação de sangue pode salvar vidas.

Na Semana do Doador Voluntário, Alef retornou ao Hemoraima por um motivo especial: participar das ações e ser homenageado, juntamente com outros doadores, pela assiduidade nas doações.

“Em 2014 realizei minha primeira doação de sangue, não sabia como funcionava e fui com a curiosidade para ajudar uma amiga que buscava doação para outra pessoa. Depois de um tempo tive a oportunidade de trabalhar no Hemoraima cuidando dos computadores, e vi de perto o quanto é importante doar e quanto os profissionais da saúde estão motivados a manter o estoque abastecido, por isso passei a fazer a doação de forma mais frequente”, esclareceu.

A consultora de vendas, Mirelle Sampaio, 21 anos, realizou sua primeira doação de sangue, justamente na Semana do doador. Ela tinha a vontade de doar desde de pequena, quando precisou passou uma transfusão de sangue.

“Quando eu era menor eu tinha um quadro de pneumonia e eu precisei de sangue, tive pessoas que me ajudaram, e desde então fiquei com a vontade de ajudar também. A Semana do Doador chamou a atenção do meu grupo de trabalho, então vi a oportunidade perfeita para ajudar alguém que esteja precisando, assim como eu já precisei. A experiência de doar é incrível, você se sente útil em poder ajudar alguém sem nem mesmo conhecer”, enfatizou.

Mirelle explica que outras duas amigas também doaram pela primeira vez, porque entenderam que é de suma importância continuar contribuindo na manutenção da vida de outra pessoa, esse é o início de uma parceria que salva vidas, assim como seu Alterli dos Santos, que tem 49 anos e desde os 21 realiza a doação de sangue no Hemoraima.

“Meu sangue é 0- que é um sangue muito procurado, eu desejo continuar doando sempre que puder, me sinto muito bem sendo voluntário.” destacou

De acordo Juliane Uchoa, gerente de captação do Hemoraima, ter o estoque de sangue abastecido é a principal garantia de que muitas vidas podem ser salvas.

“A ciência avançou consideravelmente nas últimas décadas, mas ainda não encontramos outra maneira que substitua o sangue, além da doação, por isso reforçamos a importância desse gesto, fundamental em situação de emergência, cirurgias e muitos outros procedimentos”, esclareceu.

RECONHECIMENTO

O ato da doação de sangue é sempre 100% voluntário, e na Semana do Doador o agradecimento foi em forma de homenagem aos doadores assíduos.

“O  banco de sangue não existe sem seus doadores, felizmente podemos contar com doadores assíduos que sempre que podem estão fazendo a sua parte, e nessa data tão especial é muito importantes para o banco de sangue, promover esse reconhecimento aos doadores cada vez fiéis e participativos nas atividades da Unidade”, complementou Juliane.

 

 

Publicado em DESTAQUES

Os moradores do bairro Operário terão melhorias no abastecimento de água. Nesta sexta- feira, dia 27, o Governo de Roraima por meio da Caer (Companhia de Águas e Esgotos de Roraima) iniciou a perfuração de um poço artesiano no local.  

“O bairro é uma região de chácara, que começou a ser desmembrado, transformando as áreas em residências e condomínios desencadeando o aumento da população e consumo. E a Companhia providenciou a perfuração do poço para garantir que água de qualidade chegue à casa das pessoas”, disse o presidente da Companhia, James Serrador.

O Operário é um bairro onde ainda ocorrem reclamações sobre falta de pressão na água. A expectativa é que até a semana que vem o poço esteja concluído e pronto para ativação. Além disso, também será feita a extensão de 500 metros de rede em tubulação de 60mm para interligar o sistema às residências.

MAIS INVESTIMENTO

O próximo local a ser beneficiado com reforço no abastecimento, será o Conjunto Residencial Cruviana, no bairro Equatorial. A previsão é que na primeira quinzena de dezembro a perfuração do poço esteja concluída.

Em 2020 foram perfurados 02 poços na Cidade Santa Cecília, 01 no loteamento Cidade Universitária, 01 no Conjunto Pérolas do Rio Branco, 01 no Cinturão Verde, 01 no São Bento, 01 no Jardim Tropical e 01 no Araceli Souto Maior.

Somados aos que já estavam ativos na capital, a Empresa tem 67 poços em operação atualmente. No interior do Estado foram perfurados 02 poços no município de Amajari; 02 em Pacaraima; e 02 no Uiramutã; e 02 no Cantá, sendo 01 na vila São José e 01 na sede.

 

 

Publicado em DESTAQUES

Com o segundo turno das eleições, no domingo, dia 29 de novembro, a Polícia Militar de Roraima vai reforçar a segurança para coibir a prática de crimes diversos durante a realização do pleito. O efetivo será de 407 policiais militares, entre homens e mulheres.

De acordo com a Lei nº. 499/2005, a segurança pública é dever do Estado e direito e responsabilidade de todos. É necessário assegurar a plenitude do exercício da democracia pelos cidadãos durante as eleições, dando atenção especial à demanda eleitoral, prioritariamente nos dias 28 e 29 de novembro de 2020.

Segundo o comandante do Policiamento da Capital, coronel Magalhães Damasceno, a mobilização dos policiais militares é uma forma de garantir a segurança, a fim de que o eleitor exerça a cidadania com paz e tranquilidade. “Mas se for necessário um reforço, estaremos prontos”, complementou.

LEI SECA

A Lei Seca, que proíbe a venda e o consumo de bebidas alcóolicas, entra em vigor às 23h do sábado, dia 28, e vai até às 20h de domingo, 29, conforme Portaria Nº 145/SESP/GAB, da Secretaria de Segurança Pública de Roraima, que será publicada no Diário Oficial do Estado e valerá somente para a Capital.

Em caso de desatendimento dessa ordem, o infrator ficará sujeito à prisão em flagrante pela prática do crime de desobediência previsto Art. 347 do Código Eleitoral, combinado com o Art. 330 do Código Penal.

O PLEITO

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral, durante a votação de domingo, haverá distanciamento entre as pessoas nas filas, álcool em gel nas sessões, proteção para mesários e horário estendido para o voto, das 07h às 17h, sendo as primeiras três horas com preferência, embora não exclusividade, para idosos com mais de 60 anos.

O eleitor deverá fazer uso da máscara facial, além de levar seu documento de identificação e uma caneta, já que neste ano, a biometria não estará disponível.

 

Publicado em DESTAQUES
Quinta, 26 Novembro 2020 23:04

COMUNICADO

O Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado. As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 129.958 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Destes, 62.757 foram confirmados, sendo  11.870 por RT-PCR e 50.887 por teste rápido 67.201 foram descartados, sendo 11.532 por RT-PCR e 55.669 por teste rápido e 724 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença, 755   em Alto Alegre, 512   no Amajari, 47.027 casos foram notificados em Boa Vista, 1.230 em Bonfim, 1.341 no Cantá, 1.309 em Caracaraí, 1.032 em Caroebe, 492 em Iracema, 1.250 em Mucajaí, 387 em Normandia, 1.704 em Pacaraima, 1.921 em Rorainópolis, 873 em São João da Baliza, 264 em São Luiz e 977   em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 1.031 em Alto Alegre, 656 em Amajari, 51.143 notificações ocorreram em Boa Vista, 1.766 em Bonfim, 701 no Cantá, 1.675 em Caracaraí, 1.313 em Caroebe, 678  em Iracema, 1.495 em Mucajaí, 360  em Normandia, 634 em Pacaraima, 2.738 em Rorainópolis, 765 em São João da Baliza, 355 em São Luís e 406 em Uiramutã.

O Estado também contabiliza 724  óbitos por Coronavírus (COVID-19), 17 em Alto Alegre, 16 em Amajarí, 528 no município de Boa Vista, 14 no Bonfim, 14 no Cantá, 17 em Caracaraí, 08 em Caroebe, 06 em Iracema, 14 em Mucajaí, 16 em Normandia, 29 em Pacaraima, 27 em Rorainópolis, 03 em São João da Baliza, 04 São Luiz e 05 em Uiramutã.

Além disso, 58.796 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados.

Deste total, 712 em Alto Alegre, 487  em Amajari, 43.753 são de Boa Vista, 1.138 de Bonfim, 1.253 no Cantá, 1.289 em Caracaraí, 1.003  em Caroebe, 473 em Iracema, 1.213 em Mucajaí, 378 em Normandia, 1.648 em Pacaraima, 1.873 em Rorainópolis, 861 em São João da Baliza, 160 de São Luiz e 972 em Uiramutã.

Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Publicado em DESTAQUES

Novembro é marcado por ser o mês da prematuridade. Segundo dados da Sesau (Secretaria de Saúde), de janeiro a julho de 2020 nasceram 293 bebês prematuros na Maternidade Nossa Senhora de Nazaré, em Roraima.

Pensando nessa realidade, a Escola Estadual Oswaldo Cruz desenvolve há três anos o projeto “Pequenas Fraldas, Grandes Amores”, com o objetivo de sensibilizar a comunidade escolar sobre a prevenção da gravidez na adolescência e ao parto prematuro.

Além de sensibilizar os estudantes, o projeto, coordenado pela professora de Ensino Religioso Gisele Sandra Loures de Oliveira Santos, também arrecada fraldas para os bebês prematuros internados na UTI neonatal da Maternidade Nossa Senhora de Nazareth.

A iniciativa envolve toda a comunidade escolar. No ano passado foram arrecadadas 2.527 fraldas e no ano anterior, foram 1.957. Esse ano a meta é chegar a 3 mil fraldas.

“Estamos em um período muito difícil, enfrentando uma pandemia e existem muitas famílias carentes que necessitam dessa ajuda. Então além de promover um alerta e sensibilizar os estudantes adolescentes sobre gravidez e prematuridade, também fazemos uma boa ação, ajudando os bebês prematuros”, destacou a professora Gisele Sandra.

A arrecadação de fraldas é realizada por servidores, professores e alunos da escola. Mas quem quiser, pode participar. A secretaria da escola está recebendo doações das 7h30 às 17h50, de segunda à sexta-feira. A escola fica localizada na Avenida Getúlio Vargas, N° 525, Centro. A arrecadação de fraldas vai até o dia 10 de dezembro.

 

Publicado em DESTAQUES

O PCCR (Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração) unificado das categorias da saúde foi alvo de debate entre o secretário chefe da Casa Civil, Soldado Sampaio, o secretário de Saúde, Marcelo Lopes, e representante das entidades sindicais dos servidores da saúde.

O encontro aconteceu na manhã desta quinta-feira, 26, no Palácio Senador Hélio Campos e participaram representantes do sindicato dos médicos, enfermagem, farmácia, odontologia, radiologia e psicologia.

O secretário chefe da Casa Civil, Soldado Sampaio, disse que o governador Antonio Denarium determinou manter o diálogo permanente com as categorias e o Governo está com toda boa vontade em fazer com que o plano de cargos unificado dos servidores, tramite de forma mais rápida possível

“Esse plano já foi tratado na Sesau e encaminhado para o Instituto de Modernização e a Segad que ouviu as demandas das categorias, que foram absorvidas e consolidadas. Agora esse PCCR tem um trâmite processual, será encaminhado para o Conselho Estadual de Saúde e depois para a Procuradoria Geral. Somente depois de todos os pareceres é que o Governador Antonio Denarium poderá, se tudo estiver correto, encaminhar a proposta para a Assembleia Legislativa do Estado de Roraima. É uma demonstração do Governo do Estado de respeito aos servidores da saúde”, disse Sampaio.

O secretário de Saúde, Marcelo Lopes, afirmou que o processo além de beneficiar as categorias vai beneficiar a saúde como um todo. 

“Isso vai refletir em um futuro melhor e saúde de mais qualidade para todos. Deixamos claro mais uma vez a intenção, vontade política e empenho do governo em resolver essa situação”, disse.

O presidente do Sindicato da Enfermagem, Melquisedeque Menezes, afirmou que todas as categorias sempre lutaram por um PCCR unificado.

“Hoje chegou o momento de o Governo do Estado dar uma resposta para essas categorias. O segmento de saúde é o que está mais exausto devido a pandemia e mais do que nunca eles almejam respeito e valorização profissional e sentimos que finalmente isso está acontecendo”, declarou.

 

Publicado em DESTAQUES

Na Semana do Doador Voluntário, as pessoas que comparecerem ao Hemoraima (Centro de Hemoterapia e Hematologia de Roraima) tem percebido uma dinâmica diferente na doação de sangue.

É que a Unidade conta agora com um Hemoglobinômetro não invasivo, um equipamento moderno, que possibilita a realização do teste de verificação de hemoglobina sem precisar passar pela picadinha, um temor para muitas pessoas.

E com essa tecnologia, o teste é realizado por um sensor infravermelho, sem risco de contaminação e com resultado confiável em até 90 segundos.

“Com a chegada desse equipamento Roraima passa a ser o primeiro estado da Região Norte a contar com a inovação. E essa aquisição é mais uma estratégia do Governo de Roraima para o trabalho de reestruturação da saúde. Quando assumimos a pasta recebemos a missão de enfrentar os problemas, buscar as soluções e fazer as coisas acontecerem e hoje mostramos que é possível promover as mudanças que a saúde tanto precisa”, esclarece o secretário Marcelo Lopes. 

Wandson Cruz, enfermeiro do Hemoraima, realizou o treinamento no mesmo dia da chegada do aparelho e explica que o manuseio é simples e seguro.

“É fundamental a gente ter na unidade uma ferramenta como essa, pois a tecnologia avançou de forma que podemos substituir a punção digital, que usávamos antes para verificar a hemoglobina, que é um exame pré-requisito para saber se a pessoa tem anemia, ou seja, esse aparelho serve para fazer essa verificação, porém, sem nenhum incômodo, sem nenhuma furada, apenas um sensor”, enfatizou o enfermeiro.

Wandson ressalta que o tempo do doador na sala de espera também será algo que terá benefícios, pois o novo equipamento permite a junção da pré-triagem e da triagem em um só local.

“Com esse aparelho iremos diminuir o tempo de espera do doador de sangue, porque, enquanto o doador estiver fazendo a entrevista, já vai realizar o teste durante o próprio atendimento. Então, unificamos a pré-triagem e a triagem em um único local”, complementou.

O equipamento, da marca OrSense, foi adquirido com recursos próprios é um dos mais modernos no mercado.

“Temos mais projetos inovadores para implantar no Hemoraima, entre eles, a reorganização da análise clínica, possibilitando que exames sejam realizados aqui mesmo e não em Manaus como é feito atualmente, o que nos deixará em uma condição mais tranquila em relação ao abastecimento do estoque de sangue. Vamos continuar o trabalho para promover as mudanças necessárias, para garantir que a população tenha o atendimento que precisa de forma digna e de qualidade”, finalizou o secretário.

 

Publicado em DESTAQUES

Consolidando o compromisso de reconstruir a Educação de Roraima e demonstrando respeito às comunidades indígenas, o Governo de Roraima vai concluir a construção da Escola Estadual Indígena Koko Isabel Macuxi, na comunidade indígena Enseada, no munícipio de Uiramutã.

Demanda antiga da comunidade, a construção da instituição de ensino foi iniciada por esforço e iniciativa dos próprios moradores e será concluída pelo governo.

Na manhã desta terça-feira, 24, a secretária de Educação e Desporto Leila Perussolo esteve na região e fortalecendo a parceria com a comunidade indígena, anunciou que o Governo do Estado vai finalizar a obra.

"Viemos hoje aqui para conhecer a realidade da comunidade e na oportunidade já trouxemos o engenheiro e o eletricista da Seed para que possam avaliar a estrutura física, elaborar um novo projeto básico e adotar todos os trâmites necessários para a conclusão do prédio da escola”, disse a secretária Leila, complementando que a escola também receberá mobiliários novos e material escolar.

A estrutura do prédio anterior é antiga, construída há 14 anos nos padrões do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica), possui apenas duas salas de aula. Ao longo dos anos, a comunidade cresceu e o prédio não atende mais a demanda local. Hoje a escola conta com 350 estudantes matriculados no Ensino Fundamental e Médio.

“Vou esperar essa ajuda do Governo porque estamos sofrendo sem espaço para as aulas. Eu fiquei alegre porque é a primeira vez que uma secretária de Educação vem nos visitar”, disse a coordenadora pedagógica da escola, professora Leide Maria, moradora há 50 anos da comunidade Enseada.

O prédio novo da escola começou a ser construído pela comunidade em 2017 e possui sete salas de aula. Mas precisa de acabamento, instalações elétricas e hidráulicas, troca de portas, janelas e forro.

O Tuxaua da Comunidade, Severino da Silva Souza, disse que está satisfeito com notícia. "Iniciamos a construção com recursos próprios e agora essa ajuda do Governo será muito bem-vinda, estamos esperando há muito tempo", disse o Tuxaua.

A orientadora educacional da escola professora Denise Almeida, também reconheceu o esforço do Governo de Roraima para a melhoria não só da escola, mas da região.

"Essa foi a primeira vez que uma secretária de Educação esteve em nossa comunidade e nos ouviu com atenção, esclarecendo as possibilidades reais. Quero ainda parabenizar o Governador do Estado Antonio Denarium por olhar para a nossa região e agradecer também pela melhoria das estradas do município, tão importantes para o transporte escolar dos nossos alunos", ressaltou Denise.

Mais Estrutura para as Escolas Indígenas. Além da conclusão da escola da Enseada, a secretária Leila Perussolo falou sobre outros investimentos do Governo do Estado para a região. Entre elas, a revitalização da Escola Estadual Joaquim Nabuco, que atende 295 estudantes na sede do Uiramutã e da Escola Estadual Indígena Júlio Pereira que possui 210 alunos na comunidade indígena Uiramutazinho. As revitalizações serão executadas pela Seed.

Será feita também reforma geral na escola Estadual Indígena São Sebastião do Cailã, na comunidade Água Fria, que atende 220 alunos e na Escola Estadual Indígena Tuxaua Pedro Barbosa (Comunidade Flexal), que possui 191 alunos matriculados. A Seinf já está realizando levantamento para elaboração de projeto básico.

Todas as escolas revitalizadas e reformadas também receberão mobiliários novos, como carteiras escolares, kits refeitório, mesa e cadeira para professor.

Segundo Censo Escolar da Educação Básica, em Roraima existem 260 escolas indígenas e 16.802 alunos matriculados. Destas escolas apenas 92 possuem prédio escolar próprio.

Emendas Parlamentares

Além dos investimentos com recursos do Tesouro Estadual, o Governo de Roraima também promoverá reformas, construções e ampliações em escolas indígenas com recursos de emendas de parlamentares da bancada federal. Serão R$ 5 milhões destinados pelo Senador Telmário Mota para reforma de 4 escolas indígenas em Normandia.

E ainda R$ 2.106.420,94de recursos destinados pelo Deputado Federal Haroldo Campos para reforma de uma escola em Amajarí e outra em Bonfim. O Deputado Federal Jhonathan de Jesus destinou emenda no valor de R$ 2.090.712,01para construção de escola indígena na região de Boa Vista Rural.

A deputada Federal Joênia Wapichana destinou R$ 12.422.581,10 para 35 obras de reformas e 17 ampliações em escolas indígenas dos municípios de Uiramutã, Alto Alegre, Pacaraima, Cantá, Bonfim, Normandia, Amajari, São João da Baliza e Boa Vista Rural.

“O Governo do Estado está trabalhando para mudar a realidade das escolas da rede estadual de ensino com um olhar diferenciado para as escolas indígenas, que foram criadas ao longo dos anos, mas não receberam a infraestrutura devida e nem a atenção merecida”, finalizou Leila Perussolo.

 

 

Publicado em MANCHETES

A Polícia Militar de Roraima completa 45 anos de criação hoje, dia 26 de novembro, comemorando resultados positivos no combate a criminalidade. Dados do setor de Estatística da Corporação apontam que Roraima é o Estado com maior redução de crimes violentos letais em todo o Brasil com queda de 76% na comparação de 2018 com 2020, de 45 para 11 ocorrências.

Ao longo dos anos, a Corporação vem trabalhando na defesa da sociedade roraimense com policiamento ostensivo em todos os cantos do Estado. O bom trabalho executado pela força de segurança nos últimos dois anos, têm gerado resultados positivos.

Além da valorização do profissional, Francisco ressaltou que a redução nos crimes violentos letais também se deve a investimentos na estrutura. “O Governo investiu na aquisição de coletes balísticos, armamentos e contratação e aquisição de 52 viaturas que garantem um reforço no policiamento ostensivo tanto da Capital como dos municípios do interior”, detalhou.

Valorização Policial

O comandante Geral da PMRR, coronel Francisco Xavier, ressaltou que os resultados foram garantidos pela valorização dos policiais com promoções de patente. Nos últimos dois anos foram mais de 500, entre elas a primeira mulher coronel da história da Corporação, Valdeane Alves de Oliveira.

O governador Antonio Denarium ressaltou a importância da Corporação para a sociedade roraimense. “A Polícia Militar de Roraima é um patrimônio do povo roraimense. Trabalha atuando na defesa da sociedade com policiamento ostensivo em todos os 15 municípios, nas sedes e vilas. Com valorização, tem trabalhado cada vez mais em prol da segurança do povo roraimense”, disse.

Efetivo reforçado

A Corporação conta hoje com 1.567 policiais, sendo 1.276 homens e 296 mulheres. Mas esse efetivo será reforçado em todo o Estado a partir do primeiro semestre 2021.

O Governo do Estado convocou 400 aprovados no último concurso para o provimento de vagas da Corporação para iniciarem o curso de formação na Academia Integrada de Polícia. “Com a contratação desses novos policiais, vamos reativar destacamentos do interior e reforçar o policiamento na Capital”, disse Francisco.

Infraestrutura

Recentemente, o Governo inaugurou a nova sede do 1º Batalhão da PMRR, conhecido como Batalhão Rio Branco, no bairro Cidade Satélite. A medida garantiu mais eficiência no combate à criminalidade na localidade. Antes, o destacamento funcionava no prédio do CPC (Comando de Policiamento da Capital).

"Temos o compromisso de revitalizar e reformar todas as unidades da Polícia Militar. Precisamos oferecer um espaço adequado para que os policiais possam exercer suas funções de maneira efetiva, com mais comodidade e segurança", destacou o governador Antonio Denarium.

 

Publicado em MANCHETES
Página 1 de 219