Quarta, 20 Março 2019 14:15

Produção de soja surge como novo investimento em Roraima Destaque

Escrito por NEUZELIR MOREIRA
Potencial agrícola do Estado tem atraído produtores de outras unidades do Brasil Potencial agrícola do Estado tem atraído produtores de outras unidades do Brasil Ederson Brito/Secom

Nesta terça-feira, dia 19, o governador Antonio Denarium e o presidente do Iacti (Instituto de Amparo à Tecnologia e Inovação), Aluísio Nascimento, acompanharam investidores dos estados de Mato Grosso e Goiás, em visita à Fazenda Tucumã, de propriedade do agropecuarista Geraldo Falavinha, localizada na região do Taiano, município de Alto Alegre.

A comitiva foi conhecer a experiência no cultivo e colheita de sementes de soja. “Falavinha é um dos maiores empreendedores no cultivo de soja do Estado e está tendo excelentes resultados. A experiência dele nesse ramo é um grande exemplo para atrair novos investidores. Além disso, com a integração lavoura/pecuária ele também está tendo ótimos resultados na engorda de bovinos. A nossa ideia é apresentar aos investidores o potencial do nosso Estado”, explicou Denarium.

Geraldo Falavinha destacou que, em apenas cinco anos de investimento, já conseguiu bons resultados com a produção de sementes de soja, cultivo de soja e milho, e também da pecuária.

“Acreditamos em Roraima e por saber das dificuldades de trazer sementes de soja de fora, optamos por investir e produzir os grãos aqui. É nosso primeiro ano de experiência na produção de sementes, um investimento de R$ 10 mil por hectare. Ainda estamos aprendendo, mas estou satisfeito com os resultados. O trabalho da agricultura, alinhado com a pecuária, proporciona serviço o ano todo para os nossos trabalhadores e a geração de renda para poder se manter na atividade”, explicou Falavinha.

Durante a visita, o governador mencionou que entre as ações do governo para incentivar o agronegócio está a regularização fundiária e ambiental, além de valorizar todos os empreendedores, que ligado a atração de novos investidores, pode tornar Roraima a melhor fronteira agrícola do Brasil.

“Estamos alinhados com o Governo Federal para desenvolver o Estado. O presidente Jair Bolsonaro nos garantiu a regularização fundiária e ambiental, além do Linhão de Tucuruí. A solução destas questões facilita o desenvolvimento do Estado”, informou Denarium.

O superintendente Federal de Agricultura, Plácido Alves, também participou da visita e afirmou que o Governo Federal entende que o caminho para o desenvolvimento de Roraima passa por investimentos em agronegócio. “Temos em Roraima vários diferenciais comparativos que fazem os investidores virem ao Estado, e ter aqui, a segurança de que Roraima está em um momento propício para produzir e investir”, afirmou.

Potencial agrícola atrai investidores

Integrante do grupo de investidores que vai passar dez dias em Roraima, Nazareno Rodrigues, agropecuarista de Goiás, disse que ficou impressionado com as oportunidades que Roraima dispõe.

“Pensei que íamos encontrar muitas dificuldades para poder investir no Estado, mas Roraima está muito avançado. Mesmo sabendo que ainda existem alguns entraves, como a questão de logística, estamos buscando trocar o máximo de informações e conhecimento com produtores locais ligados ao agronegócio”, disse.

Pela primeira vez em Roraima, o agropecuarista José Adriano, de Mato Grosso, ressaltou o potencial e oportunidades que Roraima tem para investimento na agricultura.

“Roraima hoje, seria Mato Grosso 15 anos atrás quando iniciou os investimentos na agropecuária. Aqui é um local muito promissor para diversas culturas, como feijão por exemplo. Essa visita tem nos proporcionado ter uma visão mais ampla, para analisarmos o custo benefício de um investimento em lavoura, mas estamos satisfeitos com o que encontramos aqui”, pontuou.