Terça, 18 Junho 2019 19:15

Oficina reúne profissionais de Roraima para discussão sobre obesidade infantil Destaque

Escrito por ASCOM/SESAU
Ministrada por representante do Ministério da Saúde, a qualificação teve como ponto chave o Programa Crescer Saudável e a Rede de Atenção ao Sobrepeso e Obesidade em Roraima Ministrada por representante do Ministério da Saúde, a qualificação teve como ponto chave o Programa Crescer Saudável e a Rede de Atenção ao Sobrepeso e Obesidade em Roraima Sesau/RR

A Sesau (Secretaria de Saúde) promoveu nesta segunda-feira, 17, uma oficina sobre o Programa Crescer Saudável e a Rede de Atenção ao Sobrepeso e Obesidade no Estado de Roraima, por meio da NAPAN (Núcleo de Ações Programáticas de Alimentação e Nutrição), no auditório do Núcleo Estadual do MS (Ministério da Saúde).

O evento reuniu profissionais da atenção básica de todos os municípios, além de representantes de departamentos da Sesau, instituições ligadas à saúde, de ensino superior privado e órgãos públicos de justiça, para discutir ações articuladas desse projeto à prevenção, controle e tratamento da obesidade infantil.

Palestrante do evento, a representante do MS, Isabel Dienfenthaler, explicou que, com o Crescer Saudável, o Ministério busca articular um conjunto de ações a serem implementadas na rede de atenção básica do SUS (Sistema Único de Saúde), a fim de monitorar o crescimento e desenvolvimento das crianças.

“Estamos solicitando aos profissionais que trabalhem junto às crianças com ações, brincadeiras e atividades físicas, entre outros, que as façam entender a importância da alimentação saudável”, afirmou.

Por meio de pesquisas e artigos, o MS percebeu que o ambiente escolar é o melhor local para a linha de frente do combate à obesidade infantil. Com esse contraponto e a implementação efetiva do Crescer Saudável, estão sendo trabalhadas oficinas nos Estados para que os profissionais envolvidos com o programa possam desenvolver as ações junto ao público-alvo.

“Precisamos de uma intersetorialidade para que seja feita essa articulação no território nacional, a fim de que a complexidade dos determinantes da obesidade infantil seja enfrentada”, pontuou Isabel.

A nutricionista Andressa Dabela participou do evento e ressaltou que a discussão auxilia na desconstrução de pensamentos. “Essa oficina vem para te dar um novo suporte, uma abertura para trabalhar e interagir com outros grupos e, assim, ver melhor os resultados”, disse.

A PROGRAMAÇÃO – Nesta terça-feira, 18, a equipe da Cgab (Coordenação Geral de Atenção Básica), em colaboração com a SMSA/BV (Secretaria Municipal de Saúde) e técnicos da CECM (Clínica Especializada Coronel Mota) e do HGR (Hospital Geral de Roraima) visitarão as duas unidades estaduais, os postos de saúde Olenka Macellaro e Mariano de Andrade, além do Cernutri (Centro de Recuperação Infantil).

O objetivo dessa vistoria in loco é avaliar o serviço ofertado ao paciente com sobrepeso e obesidade em Roraima, para subsidiar a elaboração do plano de ação para organização da linha de cuidado desse público na rede de atenção à saúde das pessoas com doenças crônicas.