Sábado, 08 Junho 2019 14:31

CIDADANIA | Casamento empreendedor reúne 101 casais em Roraima Destaque

Escrito por RICARDO GOMES
Cerimônia civil e religiosa reuniu 101 casais brasileiros, venezuelanos e guianenses Cerimônia civil e religiosa reuniu 101 casais brasileiros, venezuelanos e guianenses Charles Bruno/Fernando Oliveira

 

O Governo de Roraima em parceria com o Tribunal de Justiça de Roraima, por meio da Vara da Justiça Itinerante e os cartórios Loureiro e Aquino, realizou nessa sexta-feira, 7, o 1º Casamento Coletivo Empreendedor Amor A2, que oficializou a união de 101 casais na Rede Cidadania Melhor Idade.

A programação foi coordenada pela Diretoria de Proteção Social Básica da Setrabes (Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social).

Estiveram presentes o governador Antonio Denarium e a primeira-dama Simone Denarium, as secretárias da Setrabes, Tânia Soares e Geisla Ferreira, a deputada estadual Tayla Peres, o defensor-geral Stélio Dener, empresários, servidores e autoridades militares.

A cerimônia religiosa com as bênçãos das alianças foi conduzida pelo pastor da Igreja do Nazareno, Jean Nogueira e pastora Krezi Kelly. Já a cerimônia civil esteve sob a responsabilidade do tabelião do Cartório do 1° Oficio e juiz de Paz, Josiel Loureiro, que destacou o momento importante para as famílias que celebraram o amor com a parceria dos cartórios e as demais instituições.

“Os casais têm a chance de ter seu registro de casamento e celebrar o momento de maior significado em suas vidas, por meio desta oportunidade oferecida pelos cartórios em parceria com a Justiça Itinerante e o Governo do Estado. Alguns já convivem há muitos anos e sempre tiveram este desejo, mas esbarravam na questão financeira para custear as taxas e a organização da cerimônia. Sem dúvida é um dia que ficará eternizado em suas vidas”, destacou.

As cerimônias civil e religiosa não tiveram nenhum custo para os casais e foi a chance de aliar o amor ao reconhecimento civil, conforme explicou a secretária Tânia Soares. “É um momento único na vida deles. Oficializar a união propicia ao casal algumas facilidades e direitos da vida a dois, exercendo a função protetiva da família, e este aspecto trabalharemos durante nossa gestão como ação de governo. Foi, sem dúvida, uma experiência inovadora em que os casais trabalharam também nos preparativos para este momento, aprendendo nas oficinas a confecção dos doces e a preparação dos buquês”, comentou.

O governador Antonio Denarium disse que essa foi a realização do sonho de muitas famílias e se concretizou com esta importante parceria entre o poder público e as demais instituições envolvidas, com o objetivo de fortalecer os laços familiares em um ato de cidadania.

“Estamos fortalecendo a principal instituição, que é a família. Agradeço imensamente a parceria com o Tribunal de Justiça e os cartórios Loureiro e Aquino, que nos ajudaram a propiciar a felicidade aos 101 casais que participam deste momento festivo, reunindo casais brasileiros, venezuelanos e guianenses. Este caráter empreendedor será sempre defendido, pois estamos deixando de ser um governo totalmente assistencialista e possibilitando que o cidadão desperte a necessidade de empreender e gerar renda com dignidade, ajudando no sustento de sua família”, pontuou.

Casais aprovam iniciativa e destacam ação como vínculo de garantias

O casal Demétrio da Silva Mota e Albaniza Correia Silva está junto há mais de oito anos e destaca que sempre almejou oficializar sua união, mas o principal impedimento sempre foi o custo para concretizar este objetivo.

“Há mais de cinco anos estamos planejando celebrar este momento, mas sempre tivemos dificuldades financeiras. Quando soubemos desta nova oportunidade, pois já tínhamos tentado outra vez e não conseguimos, nos inscrevemos e fomos selecionados. Sem dúvida é um momento de muita emoção e agora podemos declarar que estamos casados, graças a este apoio do governo e dos demais parceiros que ajudaram a concretizar nosso objetivo”, comentou Albaniza Correia.

Para o casal Adriano Júnior e Fabíola Karla, além de toda celebração festiva, o momento também proporciona a garantia de direitos jurídicos em comum e essa conquista é extremamente importante para os casais que oficializam sua união.

“Estamos juntos há mais de seis anos e, como a maioria das famílias, sempre desejamos regularizar nossa situação. Agradecemos esta oportunidade que representa um vínculo de garantias a todos os casais que estão participando deste importante momento”, relatou Adriano Junior.