Sexta, 31 Mai 2019 21:11

Estudantes participarão de programas educacionais voltados ao empreendedorismo Destaque

Escrito por MÁGIDA AZULAY KHATAB
Termo de Parceria foi assinado por representantes da Seed e Sebrae/RR Termo de Parceria foi assinado por representantes da Seed e Sebrae/RR Ascom/Seed

A secretária de Educação e Desporto, Leila Perussolo, a gerente da unidade de Educação Empreendedora do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/RR), Kátia Maria Veskesky, e a diretora técnica do Sebrae/RR formalizaram a parceria para o desenvolvimento de projetos educacionais voltados ao empreendedorismo.

A assinatura do Termo de Parceria foi realizada na manhã desta quinta-feira, 30, no gabinete da Seed (Secretaria de Educação e Desporto).

Por meio do Termo, alunos da rede estadual de ensino participarão de projetos como o Despertar, voltado aos estudantes do Ensino Médio; programa JEPP (Jovens Empreendedores Primeiros Passos), direcionado aos estudantes do Ensino Fundamental; e programa Crescendo e Aprendendo, para os alunos da EJA (Educação de Jovens e Adultos).

Todos os programas estimulam a educação empreendedora, o desenvolvimento profissional e autoconhecimento. Também proporciona novas aprendizagens, atuação coletiva e busca tornar os alunos aptos a atuarem no mercado de trabalho, assumindo o papel de empreendedores.

Na Seed, as ações dos programas serão coordenadas pelo DEPE (Departamento de Desenvolvimento de Políticas Educacionais). A secretária Leila Perussolo considera a parceria importante, destacando que o tema empreendedorismo deve ser trabalhado também no dia a dia, em sala de aula.

"Hoje o empreendedorismo integra o currículo escolar como um tema transversal e ele deve ser trabalhado em sala de aula. Com a BNCC (Base Nacional Comum Curricular), o empreendedorismo passa a compor de forma sistemática o currículo, as atividades e os conteúdos", disse.

Por meio da parceria, os professores das escolas participantes dos programas recebem uma capacitação de 40 horas que será ministrada por profissionais do Sebrae, responsável também por todo o material a ser utilizado durante o programa.

Depois, atuando nas escolas como multiplicadores, os professores promoverão encontros presenciais, atividades de campo e organizarão uma feira para mostra dos trabalhos. Nos encontros, os estudantes recebem noções sobre elaboração de plano de negócios, trabalho em equipe, possibilidade de riscos e captação de recursos, além de noções teóricas e práticas sobre empreendedorismo.