Terça, 21 Mai 2019 14:20

Seguem abertas até 31 de maio as inscrições para o Parlamento Jovem Brasileiro Destaque

Escrito por MARÍLIA MESQUITA
Estudantes das escolas da capital, interior, indígenas e particulares podem participar Estudantes das escolas da capital, interior, indígenas e particulares podem participar Ascom/Seed

As inscrições para a 16° edição do programa PJB (Parlamento Jovem Brasileiro 2019) seguem abertas até o dia 31 de maio. A iniciativa é da Câmara dos Deputados e é direcionada aos estudantes do Ensino Médio. As inscrições devem ser efetuadas pelo site www.camara.leg.br/pjb.

O Parlamento Jovem Brasileiro é um programa de educação para a democracia, dirigido a estudantes do Ensino Médio de todo o Brasil. O objetivo é proporcionar aos jovens a vivência do processo político e democrático.

Os estudantes participantes passam uma semana em Brasília (DF), em uma simulação da jornada parlamentar, com diplomação, posse e exercício de mandato como deputado jovem. Este ano, o tema do programa é: “É escutando que se forma o olhar”.

Podem participar estudantes entre 16 e 22 anos que estejam cursando o Ensino Médio Regular, Ensino Médio Integrado ao Técnico ou na modalidade EJA (Educação de Jovens e Adultos) da capital, interior e comunidades indígenas do Estado.

O Parlamento Jovem também ajuda os estudantes a desenvolverem habilidades de domínio da linguagem, compreensão de fenômenos, enfrentamento de situações-problema, construção de argumentação e elaboração de propostas, que são as principais competências da matriz de referência do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio).

“Cada jovem que se envolve na elaboração de um projeto de lei tem a oportunidade de obter novos aprendizados e desenvolver a sua cidadania, além de contribuir para a melhoria de condições da sociedade”, ressaltou Leandra Leandra Teixeira, assessora pedagógica do DEPE (Departamento de Desenvolvimento de Políticas Educacionais) da Seed.

COMO PARTICIPAR

O aluno precisa elaborar um projeto de lei, propondo possíveis alternativas de melhoria sobre qualquer tema, para a sociedade brasileira. Os projetos encaminhados serão analisados pela Seed (Secretaria de Educação e Desporto) que irá realizar uma pré-seleção com base nos critérios pré-definidos pela Câmara dos Deputados.

As propostas pré-selecionadas serão encaminhadas para a Câmara dos Deputados, onde uma comissão formada por servidores da área legislativa irá escolher os projetos participantes.

No ano passado, o estudante Josibias Ramos, de 18 anos, da Escola Estadual Presidente Tancredo Neves, representou o Estado no programa, com o projeto "Jornada Cultural Brasileira". Segundo ele, participar do programa foi uma experiência que possibilitou a realização de um sonho, que é conhecer Brasília e os Três Poderes.

“Foi uma realidade totalmente diferente da que eu estou acostumado. Durante os dias em que estive na Câmara dos Deputados, pude conhecer pessoas e fazer amigos de todos os Estados brasileiros e também pude conhecer a realidade do lugar, que é totalmente diferente da que vemos na televisão”, disse Josibias.

As despesas com passagens aéreas, acomodações, alimentação e deslocamento dos estudantes são de responsabilidade da Câmara dos Deputados. Durante o evento em Brasília, os jovens serão acompanhados pelos coordenadores estaduais, designados pelas Secretarias Estaduais de Educação, e por profissionais de relações públicas da Câmara dos Deputados.

Este ano, evento será no período de 23 a 27 de setembro, com a seleção de 78 projetos. O número de representantes jovens por Estado e Distrito Federal é distribuído de maneira proporcional, como nas eleições oficiais.