Quinta, 16 Mai 2019 14:02

LOTES URBANOS - Iteraima realiza ação de regularização na área Nova Esperança Destaque

Escrito por ROSIANE MENEZES
Os trabalhos tiveram início em abril e devem se estender até o fim de maio Os trabalhos tiveram início em abril e devem se estender até o fim de maio Neto Figueredo

Equipes do Iteraima (Instituto de Terras e Colonização de Roraima) estão na área Nova Esperança, localizada no final da Avenida Ataíde Teive, realizando ações para a regularização dos lotes urbanos. Os trabalhos tiveram início em abril e devem se estender até o final deste mês.

A diretora de Patrimônio Imobiliário do Iteraima, Dilma Costa, explicou que o Instituto instalou um escritório na área para atender os moradores, além das equipes que estão visitando as casas para fazer laudos técnicos e relatórios.

“Essas equipes estão aptas a prestar todas as informações necessárias, bem como auxiliar as pessoas com os documentos que elas devem apresentar, preenchimento de fichas e tudo que é necessário para a devida abertura do processo daqueles que ainda não o têm no Iteraima”, esclareceu a diretora.

Os moradores devem buscar o atendimento na Rua A, quadra 6, de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h, até o dia 26 deste mês. Para o atendimento é necessário apresentar os documentos pessoais e do lote, como comprovante de aquisição ou certidão de cadastro, e preencher declarações que serão disponibilizadas pela equipe do Iteraima.

A diretora destacou que a instalação de um escritório no local traz facilidade tanto para o Iteraima no recolhimento dos documentos necessários, quanto para o morador que não precisa se deslocar até o Instituto para realizar a abertura do processo de regularização.

“Esse é o momento. Nós sabemos que a área fica bastante distante do Iteraima e, para facilitar a vida dessas pessoas, nós instalamos esse ponto de apoio. É importante que as pessoas não percam essa oportunidade, pois estaremos lá, na porta delas, para facilitar a abertura dos processos”, destacou Dilma.

As equipes estão realizando notificações dos moradores que têm pendências, vistorias nos lotes e recebimento de documentos para abertura de novos processos. A área possui 250 lotes, dos quais 93 ainda não abriram processo e o restante possui pendências que precisam ser saneadas para os demais trâmites necessários à emissão do título definitivo.