Sexta, 10 Mai 2019 19:22

EDUCAÇÃO - Profissionais que atuam nas escolas receberão orientações sobre execução das atividades Destaque

Escrito por MÁGIDA AZULAY KHATAB
Na Capital, 19 escolas já estão aptas e com recursos em conta para executar o Programa Na Capital, 19 escolas já estão aptas e com recursos em conta para executar o Programa Eides Antoneli

Na tarde desta quinta-feira (9) os gestores, coordenadores pedagógicos e presidentes das APM’s (Associação de Pais e Mestres) das escolas da Capital estarão reunidos no auditório da Escola Ana Libória a partir das 13h30 para receberem orientações sobre a efetiva implementação do Programa Novo mais Educação. A reunião será coordenada pelo DEB (Departamento de Educação Básica) da Seed (Secretaria de Educação e Desporto).

O Programa foi criado pelo MEC (Ministério da Educação) por meio da Portaria N° 1144/2016 e é regido pela Resolução FNDE n° 17/2017 e surgiu como uma ferramenta para melhorar a aprendizagem dos estudantes nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática.

O Novo Mais Educação prevê a ampliação da jornada escolar de crianças e adolescentes otimizando o tempo de permanência dos estudantes na escola por meio de atividades que melhorem o letramento e desempenho escolar. As atividades do programa possuem acompanhamento pedagógico específico, realizado pela Seed por meio do DEB/ DIENF (Divisão de Ensino Fundamental).~

Os estudantes que integram o Programa participam contraturno escolar, de atividades desenvolvidas por mediadores (professores) contratados especificamente para esta ação. Em Roraima, 19 escolas da Capital estão aptas e com recursos em conta para a efetivação do programa: Buriti, CEM II DR. Luiz Ritller B. de Lucena, Fagundes Varela, Fernando Grangeiro de Menezes, Penha Brasil, Girassol, Mário David de Andreazza, Oswaldo Cruz, CEM IX Pedro Elias A. Pereira.

E ainda as escolas Antonia Coelho de Lucena, Francisca Élzika, Camilo dias, Carlo Casadio, Vitoria Mota Cruz, Hildebrando F. Bitencourt, CEM VI Prof. Maria de Lourdes Neves, CEM XI Wanda David Aguiar, Severino Cavalcante e Maria Sonia de Brito Oliva. No Interior, outras 62 escolas estão aptas para iniciar a execução do Programa.

“Nessa reunião, os profissionais das escolas receberão orientações sobre como utilizar os recursos do programa, quais atividades devem ser realizadas, como devem acontecer na escola e também sobre prestação de contas”, explicou Rosilda Garcia da Silva, coordenadora do Programa Novo Mais Educação.