Sábado, 29 Fevereiro 2020 18:18

DURANTE ENTREGA DE CARTEIRAS | Secretária de Educação anuncia construção de quadra esportiva na Escola Mariano Vieira em Normandia Destaque

Escrito por MÁGIDA AZULAY KHATAB
Também em Normandia, foram entregues duas escolas indígenas revitalizadas nas comunidades Xumina e Guariba Também em Normandia, foram entregues duas escolas indígenas revitalizadas nas comunidades Xumina e Guariba Neto Figueredo

A Escola Estadual Mariano Vieira, na sede de Normandia, recebeu nesta sexta-feira, 28, novos mobiliários. O Governo do Estado, por meio da Seed (Secretaria de Educação e Desporto), entregou 400 novas carteiras escolares, 14 cadeiras para professor e oito kits de refeitório; cada kit possui uma mesa e seis cadeiras.

O governador Antonio Denarium, acompanhado da secretária de Educação e Desporto, Leila Perussolo, e do secretário adjunto, Semaias Alexandre, esteve na escola para a entrega dos mobiliários.

Kemellem Katchesca, estudante do 7° ano, disse que, com as carteiras novas, tem mais vontade de permanecer na escola. "As carteiras novas são mais confortáveis, dá vontade de ficar mais tempo estudando em sala de aula", disse.

Durante a solenidade de entrega dos mobiliários, a secretária de Educação e Desporto anunciou a construção da quadra da escola.

"Vamos construir a quadra da escola Mariano Vieira, que é um anseio muito antigo da comunidade escolar, para valorizar os alunos e a prática de esportes. A obra será possível mediante recurso de emenda parlamentar federal", anunciou.

A Escola Mariano Vieira também recebeu uma revitalização que contemplou pintura geral, reparos na parte elétrica e hidráulica, troca de portas e manutenção do telhado.

Em seu discurso, o governador Antonio Denarium ressaltou que serão reformadas 62 escolas estaduais em todo o Estado, e construídas quatro novas unidades em Boa Vista e outras seis no interior.

EDUCAÇÃO INDÍGENA - Ainda em Normandia, o Governo do Estado entregou duas escolas indígenas completamente revitalizadas: a Escola Estadual Indígena Tuxaua Evaristo, na comunidade Xumina, e a Escola Estadual Indígena Índio Marajó, na comunidade Guariba.

As escolas foram contempladas com a instalação de forros, construção do padrão de energia, manutenção do telhado e das instalações elétricas com substituição de lâmpadas, instalação de ventiladores e refletores, manutenção da parte hidráulica e sanitária dos banheiros, colocação de piso na copa, construção de calçadas e de rampas de acesso, e pintura geral.

Além da revitalização, a escola Tuxaua Evaristo recebeu 100 carteiras, cinco cadeiras para professor e quatro kits refeitórios. A Escola Índio Marajó recebeu 125 carteiras, cinco cadeiras para professor e seis kits refeitório.

Nas comunidades indígenas, a equipe do Governo do Estado foi recepcionada com apresentações culturais, entre elas, a dança Parixara.

Na Comunidade Xumina, a aluna do Ensino Médio Taynara Gabriele disse que gostou muito da revitalização. "Há mais de 20 anos a gente aguardava essa revitalização. A escola ficou bonita, em perfeito estado para estudarmos e as carteiras agora são muito confortáveis", disse.

"Estamos satisfeitos com a revitalização que há muito tempo esperamos. Também estamos com as carteiras novas, bebedouro funcionando, copa nova, enfim temos um ambiente melhor para os alunos e para os professores", ressaltou o gestor da Escola Estadual Indígena Tuxaua Evaristo, Cláudio Cipriano.

Na comunidade Guariba, o professor Reinaldo Peixoto ficou feliz com a revitalização da escola e destacou que na instituição de ensino há um trabalho para a preservação do patrimônio público.

"A reforma é de fundamental importância para o processo de ensino aprendizagem dos alunos; e eles se sentem em um ambiente melhor. Também fazemos um trabalho especial com os alunos para que possam zelar pela escola, pelo patrimônio público", enfatizou Reinaldo.