Domingo, 26 Janeiro 2020 13:41

REFORMA DO HGR | Governo deve começar obras dos Blocos A, C e D no próximo mês e iniciar a licitação do Bloco E Destaque

Escrito por BRUNO WILLEMON
Informação foi dada pelo secretário estadual de infraestrutura, Edilson Damião Lima, durante entrevista em um programa de rádio nesse sábado (25) Informação foi dada pelo secretário estadual de infraestrutura, Edilson Damião Lima, durante entrevista em um programa de rádio nesse sábado (25) Ascom/Seinf

O Governo de Roraima trabalha com a previsão de iniciar já no próximo mês as obras dos Blocos A, C e D do HGR (Hospital Geral de Roraima), além de abrir o processo licitatório para contratação da empresa que irá concluir o Bloco E, anexo ao HGR. A informação foi dada pelo secretário estadual de Infraestrutura, Edilson Damião Lima, nesse sábado (25), no programa Pelo Brasil, apresentado pelo radialista Bernardo Silva, na Rádio Parente FM.
 
“Uma das primeiras preocupações do governador Antonio Denarium, quando assumiu a nova gestão, foi resolver a questão da infraestrutura na saúde, e o Hospital Geral faz parte disso. Já há empresas contratadas para a reforma dos Blocos A, C e D, que deve começar no próximo mês”, afirmou o secretário.
 
As obras de reforma dos anexos citados na entrevista passaram pelo processo licitatório, e o próximo passo é a assinatura da ordem de serviço. Os blocos A e D serão reformados com recursos de emenda do deputado federal Jhonatan de Jesus, nos valores de R$ 1,7 milhão e cerca de R$ 900 mil, respectivamente. Na reforma do Bloco C (Cardiologia e Área de Convivência) serão investidos R$ 773 mil, provenientes de emenda da ex-senadora Ângela Portela.

Sobre o Bloco E, conhecido como Anexo do HGR, o secretário de Infraestrutura informou que está em fase de ajustes contratuais. O projeto inicial, orçado em R$ 35 milhões, não contemplava serviços essenciais que faltavam no projeto original, como: Sistemas de Proteção de Descargas Atmosféricas, Subestações de Energia, Grupos Geradores, Rampa de Saída de Emergência, Climatização, Gases Medicinais, entre outros.

“Um novo projeto foi feito, para incluir os itens obrigatórios, orçado em R$ 15 milhões, e deverá ter o processo licitatório aberto para a contratação das empresas no próximo mês de fevereiro. A previsão é que a obra seja concluída em setembro deste ano”, afirmou o secretário. 

Também no HGR, o Governo de Roraima realiza a obra de reforma do Bloco B (Pneumologia e Infectologia), com previsão de conclusão agora no primeiro semestre. Os recursos investidos são no valor de R$ 1.085.308,25, de emenda parlamentar da ex-senadora Ângela Portela.

Outra obra que ocorre no HGR, também prevista para conclusão no primeiro semestre, é a de expansão do Grande Trauma. Com a ampliação, passará a ter 52 leitos. Os recursos são de emenda parlamentar do deputado Federal Hiran Gonçalves, no valor de R$ 2.714.857,53.

Novas obras na área de saúde serão licitadas

O Governo de Roraima começou o ano com sete projetos aprovados com a Caixa Econômica para o processo licitatório. Os projetos, que aguardavam a aprovação desde 2017, foram ajustados pela equipe técnica da Secretaria de Infraestrutura e, enfim, poderão ser executados. A realização dessas obras resultará na ampliação do atendimento em saúde à população.

Os projetos aprovados são: Reforma do Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth (Centros cirúrgico e de materiais esterilizados, além do laboratório), recursos no valor de R$ 2.367.960; Ampliação do Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth, com construção de UTI Neonatal (R$ 2.820.404); Ampliação da Unidade de Hematologia e Hemoterapia do Hemocentro (R$ 404.000); e Reforma do Telhado do Hemocentro (R$ 321.30).  Os investimentos a serem aplicados são resultantes de emenda da ex-senadora Ângela Portela.

De emenda do ex-deputado federal Remídio Monai, há dois projetos aprovados e que devem entrar no processo de licitação nos próximos dias: Reforma do Hospital Vereador J. Guedes Catão, em Mucajaí (R$ 2.840.522), e a Reforma do Hospital Délio Oliveira Tupinambá, em Pacaraima (R$ 2.443. 522).

Outro projeto aprovado é o do ex-deputado federal Carlos Andrade para a Ampliação do Hospital Coronel Mota e Reforma no Bloco Ortopédico (R$ 1.860.424). Uma oitava possível obra é a reforma da Unidade Mista de Saúde de São João da Baliza, que está na fase de projeto para passar por aprovação. Os recursos, no valor de R$900 mil, são de emenda do deputado federal Jhonatan de Jesus.

Outras importantes obras
 
Durante a entrevista, o secretário falou também da obra de reforma do Estádio Canarinho, que está na fase final, e da obra da caixa d’agua do bairro Cidade Satélite.
 
A tubulação necessária para a conclusão da caixa d’agua está sendo transportada via terrestre de São Paulo para Boa Vista. Após a chegada, a obra, que está 90% executada, poderá ser concluída. A previsão é de finalização no próximo mês de março.