Geysa

Segunda, 29 Junho 2020 01:36

COMUNICADO

O Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado.

As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 25.
157 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Destes, 14.
459 foram confirmados segundo município de residência, sendo 6.070 por RT-PCR e 8.389 por teste rápido, 10.698 foram descartados e 281 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença, 21
9 em Alto Alegre, 137 no Amajari, 10.942 casos foram notificados em Boa Vista, 146 em Bonfim, 354 no Cantá, 136 em Caracaraí, 336 em Caroebe, 86 em Iracema, 273 em Mucajaí, 75 em Normandia, 628 em Pacaraima, 494 em Rorainópolis, 283 em São João da Baliza, 74 em São Luiz e 39 em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 26
5 em Alto Alegre, 113 em Amajari, 8.371 notificações ocorreram em Boa Vista, 147 em Bonfim, 156 no Cantá, 156 em Caracaraí, 161 em Caroebe, 97 em Iracema, 438 em Mucajaí, 50 em Normandia, 134 em Pacaraima, 217 em Rorainópolis, 107 em São João da Baliza, 69 em São Luís e 13 em Uiramutã.

O Estado também contabiliza 281 óbitos por Coronavírus (COVID-19), 05 em Alto Alegre, 04 em Amajarí, 225 no município de Boa Vista, 04 no Bonfim, 06 no Cantá, 01 em Caracaraí, 02 em Caroebe, 01 em Iracema, 03 em Mucajaí, 04 em Normandia, 14 em Pacaraima, 08 em Rorainópolis, 02 em São João da Baliza, e 01 em Uiramutã.

Além disso, 4.370 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados.

Deste total, 53 em Alto Alegre, 31 em Amajari, 3.384 são de Boa Vista, 77 de Bonfim, 151 no Cantá, 33 em Caracaraí, 65 em Caroebe, 08 em Iracema, 58 em Mucajaí, 13 em Normandia, 173 em Pacaraima, 142 em Rorainópolis, 37 em São João da Baliza, 51 de São Luiz e 06 em Uiramutã. Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

O Detran (Departamento Estadual de Trânsito de Roraima) lançou nesta quinta-feira (19)  o Sistema Integrado de Vistoria Eletrônica Veicular. A novidade tem como objetivo modernizar a atividade de vistoria com mais agilidade na execução do serviço, economia de papel e a redução em 60% aproximadamente do tempo de espera.

Por meio de novos equipamentos de captura de imagens e leitura da placa, será mais fácil e rápido identificar o veículo e rastreá-lo no sistema do Departamento. Todo o processo da vistoria é registrado e enviado automaticamente para o banco de dados do Detran, o que traz mais segurança para o cidadão e o Órgão.

A segurança dos dados serão armazenados em nuvem integrados ao sistema Detran, e a segurança pelos registros fotográficos e filmagens evitarão qualquer tentativa de fraude.

O presidente do Detran Igo Brasil explicou que o sistema de vistoria eletrônica é uma das metas previstas no planejamento estratégico do Departamento.

 “Estávamos trabalhando na tentativa de implantar o sistema desde o início do ano. Na semana passada tivemos um treinamento com os servidores, hoje finaliza a fase de testes e começamos a operar nos veículos de pequeno porte e as motocicletas”, disse.

De acordo com o ele, a partir de janeiro o sistema passa a atender os caminhões e veículos de maior porte, como ônibus e carretas.

 “Será implantada também a vistoria nas unidades descentralizadas do Detran-RR. É um projeto de médio a longo prazos, a instalação nos interiores, mas a nossa meta é colocar esse sistema em todas as unidades que prestam o serviço de vistoria”, complementou.