Mostrando itens por marcador: governotrabalhando

A maternidade de Rorainópolis está cada vez mais próxima de estar disponível para as futuras mamães. Realizada pelo Governo de Roraima, a obra está 90% executada e com previsão de conclusão até o final de julho deste ano. O local atenderá toda a região sul do Estado.

Executada pela Seinf (Secretaria de Infraestrutura), a obra na fase do calçamento externo, pinturas externa e interna, e instalações de bancadas, luminárias, gás e portas. A construção da maternidade faz parte da ampliação do Hospital Regional Sul Ottomar de Souza Pinto. O local terá cerca de 80 leitos, dois consultórios, sala de ultrassom, sala de tomografia e dois centros cirúrgicos. Os recursos para a essa obra são de R$ 3,8 milhões, de emenda do ex-deputado federal Remídio Monai.

Conforme o secretário de Infraestrutura, Edilson Lima, Rorainópolis recebe essas obras para a ampliação do serviço de saúde na região. “O governador Antonio Denarium tem uma atenção especial com a infraestrutura na saúde. Além da maternidade, o Governo realiza também a obra do Centro de Especialidades Médicas, mais uma unidade que estará à disposição dos moradores de Rorainópolis”, afirmou o secretário.

A obra do CEM  (Centro de Especialidades Médicas) está 80% executada e com previsão para conclusão no próximo mês de julho. Os moradores de Rorainópolis e sul do Estado terão mais acesso a serviços médicos especializados, como ortopedia, ginecologia, urologia, otorrino, ultrassonografia, eletrocardiograma e oftalmologia.

Além dos sete consultórios especializados, o CEM  tem ainda salas administrativas, banheiros, sala de utilidades, copa, atendimento, entre outros. O investimento na obra é de R$ 1 milhão, também de emenda do ex-deputado federal Remídio Monai. Tanto o CEM quanto a maternidade são obras realizadas por meio de convênio com o Ministério da Saúde.

INSTITUTO MÉDICO LEGAL - Por meio de um convênio com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, com emenda de R$ 4 milhões do ex-deputado federal Remídio Monai, o Governo de Roraima irá construir um IML (Instituto Médico Legal) em Rorainópolis. A Seinf trabalha na realização do projeto e, assim que cumprir a etapa de aprovação, a obra poderá entrar no processo de licitação.

 

--

Publicado em DESTAQUES

Por meio da Setrabes (Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social), o Governo de Roraima está intensificando o atendimento à terceira idade, seguindo critérios de necessidade da Lei Federal nº 13.979/2020 (Plano de Contingenciamento Território Federal), Decreto Estadual 28.587E/2020 (Plano de Contingenciamento Território Estadual – Covid-19) e a Portaria nº 184/2020 da Setrabes (que regulamenta o Plano de Contingenciamento em vigor desde o mês de março), além de outros procedimentos de reforço à saúde dos idosos e servidores no combate à pandemia, implantados no Centro de Convivência do Idoso e na Casa do Vovô, ambos em Boa Vista.

A política de proteção atende atualmente 30 idosos que vivem no Abrigo Maria Lindalva Teixeira de Oliveira, em regime de longa permanência, no bairro Caranã. A unidade capacitou todos os servidores, além de orientar quanto à utilização dos EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), tais como luvas, máscaras, jalecos, aventais e toucas descartáveis, que passaram a ser obrigatórios e foram disponibilizados na unidade.

Recentemente, foi celebrada parceria entre a Setrabes e a Prefeitura de Boa Vista, que prevê a higienização de todo o prédio. Outras medidas urgentes foram tomadas para aumentar a imunidade dos idosos e servidores como, por exemplo, a antecipação das vacinas contra a influenza e outras doenças, além do reforço na alimentação e monitoramento diário de temperatura e demais sintomas relacionados à COVID-19.

Os utensílios recebem o cuidado ao serem manipulados e há também o cuidado com os equipamentos de uso da enfermagem e consultório médico. A unidade reorganizou os quartos para acomodar com máximo conforto e segurança, respeitando o distanciamento mínimo, assim como construiu espaço adequado para a lavanderia.

ATENDIMENTO MÉDICO - Além de todas essas medidas, a gerente do Centro de Convivência do Idoso, Milva Lima, disse que há acompanhamento clinico diário aos idosos com dois médicos, além de 28 assistentes sociogeriátricos, enfermeiros, técnico de enfermagem, assistente social, psicólogo e terapeuta ocupacional. A unidade firmou parceria com a empresa Clean New Boa Vista, para a higienização dos colchões e quartos, que será realizada na próxima segunda-feira, 18.

“Neste período de suspensão das atividades e isolamento social, estamos mantendo o trabalho social de visitas e entrega de máscaras, alimentos, produtos de higiene para idosos que praticavam atividades conosco no centro e agora estão em casa, tudo isso para que seja intensificado o combate ao Coronavírus, proteger e ajudar nossos vovôs e vovós”, disse.

TESTE RÁPIDO - Como medida de prevenção e cuidado à saúde dos servidores, será realizado esta semana a testagem rápida para casos suspeitos do Coronavírus e, com isso, manter todos os protocolos de saúde e cuidados em vigor para garantir a proteção aos idosos    

 

Publicado em DESTAQUES

Um termo de cooperação técnica assinado nesta quarta-feira, 13, no Palácio Senador Hélio Campos, entre o Governo de Roraima e o Comitê Federal de Assistência Emergencial do Governo Federal, vai permitir ampliar as ações de combate ao Coronavírus (COVID-19) no Estado.

O documento, assinado pelo governador Antonio Denarium e o ministro-chefe da Casa Civil, general Walter Souza Braga Netto, permitirá que o Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde) e o Exército Brasileiro, através da APC (Área de Proteção e Cuidado) da Operação Acolhida, possam trocar patrimônio, receber apoio mútuo, logístico e aporte para fortalecer o combate à pandemia em Roraima.

“Este é um momento muito importante no enfrentamento ao Coronavírus. Esse termo de cooperação técnica vai permitir o atendimento de brasileiros e estrangeiros no enfrentamento do Coronavírus. Dessa forma, temos a possibilidade de oferecer um bom atendimento às pessoas que venham a precisar de atendimento hospitalar”, explicou o governador Antonio Denarium.

O secretário de Saúde, Olivan Junior, disse que a intenção do Governo com o acordo é ter mais sucesso na tratativa para suprir as demandas da saúde. “A intenção é unir esforços entre o Governo do Estado e o Governo Federal para combater o Coronavírus. Com a assinatura do termo podemos, dentro da legalidade, fazer tratativas mais próximas como a contratação de pessoal, compra de material, fornecimento de insumos e suprimentos para a saúde”, destacou Olivan Junior.

O acordo permitirá também que haja reciprocidade entre as instituições, no sentido de atender às demandas do Exército na APC. Após ser analisada pela PGE (Procuradoria Geral do Estado), a documentação teve aceitação favorável para assinatura.

“Demos prioridade porque precisamos de maior celeridade para contratações. Então, observamos que o exército está operando no país inteiro com compras, com atas a preços mais acessíveis e tem uma logística de justamente levar aos estados. Diante disso, fica muito mais fácil assinarmos esse termo de cooperação”, ressaltou o procurador geral adjunto, Ernani Batista.

Publicado em MANCHETES

A bancada federal de Roraima destinou R$ 49 milhões para o combate à pandemia do Coronavírus (COVID-19) em Roraima. O recurso, que já está disponível na conta do Governo do Estado, é resultado de um remanejamento de emendas parlamentares dos senadores Telmário Mota, Chico Rodrigues e Mecias de Jesus, e dos deputados federais Ottaci Nascimento, Jhonatan de Jesus e Haroldo Cathedral.

"Isso representa um trabalho conjunto em prol da sociedade Roraimense. Estamos unindo esforços para vencer o Coronavírus. Quero agradecer ao esforço da nossa bancada federal, que prontamente destinou recursos para reforçar as medidas de combate à COVID-19", ressaltou o governador Antonio Denarium.

O deputado federal Jonathan de Jesus afirmou que os recursos devem ser utilizados na compra de EPIs [Equipamento de Proteção Individual] para os profissionais de saúde que atuam na linha de frente no combate a pandemia, insumos, equipamentos, medicamentos e testes rápidos para detectar a COVID-19, doença causada pelo Coronavírus.

“Dos R$ 49 milhões, R$ 27 milhões já estão na conta do Governo. Os outros R$ 22 milhões serão distribuídos para os municípios. Esses recursos são mais do que necessários no enfrentamento a essa pandemia. Precisamos equipar nossas unidades hospitalares, proteger os profissionais de saúde e ampliar a testagem na população para que possamos o quanto antes sair dessa situação”, pontuou Jhonatan de Jesus.

O secretário de Saúde, coronel Olivan Júnior, salientou que o recurso vem para reforçar um trabalho que já vem sendo feito pelo Governo. “Desde o início dessa pandemia, o Estado tem se desdobado para manter o fornecimento de EPIs aos profissionais que atuam na linha de frente, na ampliação da oferta de leitos nas unidades de saúde do Estado e na contratação de leitos de retaguarda na rede privada e na aquisição de respiradores”, disse.

 

Publicado em DESTAQUES

A PCRR (Polícia Civil de Roraima), por meio da Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), elaborou uma cartilha para orientar as mulheres, vítimas de violência doméstica, como proceder para registrar o BO (Boletim de Ocorrência) na plataforma da Delegacia Online.

De acordo com a diretora do DPE (Departamento de Polícia Especializada), delegada Elivânia Aguiar, a ideia surgiu visando disponibilizar às mulheres uma ferramenta para auxiliá-las durante o período de isolamento social, imposto pela pandemia do Coronavírus (COVID-19).

Conforme a delegada, a Deam continua realizando o atendimento presencial, mesmo durante esse período crítico, com serviços como registro de BO, oitivas, solicitação de MPU (Medida Protetiva de Urgência), cumprimento de mandados de prisão, lavraturas de flagrantes, entre outros procedimentos policiais.

Na recepção da Casa da Mulher Brasileira foi disponibilizado um computador para atender às mulheres que não disponham do equipamento e tampouco de internet para registrar o BO Online. “Estaremos disponibilizando a cartilha, que ficará exposta na recepção da Casa da Mulher Brasileira, para auxiliar as vítimas no momento em que elas forem registrar o BO Online. Também estaremos divulgando amplamente nas redes sociais”, disse a delegada.

De forma didática, a cartilha informa o passo a passo de como acessar o site da Polícia Civil, pelo endereço www.pc.rr.gov.br. Em seguida, o comunicante acessa a Delegacia Online e inicia os procedimentos para relatar os fatos.

“O objetivo dessas ações é a preocupação com a saúde dos policiais e dessas vítimas, evitando aglomerações na Deam, incentivando o registro de BO Online e facilitando o acesso às vítimas de violência a denunciar os crimes aos quais são submetidas. Quanto mais informações e acesso aos meios de denúncia, maior a possibilidade de o agressor ser responsabilizado e punido”, acrescentou a delegada.

Além da plataforma online e do atendimento presencial na Deam, as mulheres também podem denunciar a violência doméstica pelo disque 180, disponível 24 horas/dia, inclusive aos finais de semana e feriados, que pode ser acionado de qualquer lugar do Brasil, assim como o 190.

 

--

Publicado em DESTAQUES
Quarta, 13 Mai 2020 18:16

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

O Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado.

As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 2.365 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Deste total, 1.411 foram confirmados, 918 foram descartados e 29 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença, 15 em Alto Alegre, 11 no Amajari, 1.135 casos foram notificados em Boa Vista, 22 em Bonfim, 21 no Cantá, 08 em Caracaraí, 19 em Caroebe, 17 em Mucajaí, 04 em Normandia, 60 em Pacaraima, 57 em Rorainópolis, 05 em São João da Baliza, 19 em São Luiz e 01 em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 09 em Alto Alegre, 04 em Amajari, 709 notificações ocorreram em Boa Vista, 19 em Bonfim, 07 no Cantá, 01 em Caracaraí, 32 em Caroebe, 30 em Mucajaí, 03 em Normandia, 38 em Pacaraima, 21 em Rorainópolis, 18 em São João da Baliza, 17 em São Luiz e 01 em Uiramutã.

O Estado também contabiliza 29 óbitos por Coronavírus (COVID-19), 01 em Alto Alegre, 25 no município de Boa Vista, 01 em Caroebe, 01 Pacaraima.

Além disso, 326 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados.

Deste total, 01 em Alto Alegre, 01 em Amajari, 307 são de Boa Vista, 03 de Bonfim, 04 do Cantá, 02 em Mucajaí, 04 de Pacaraima e 02 de São Luiz. Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Publicado em DESTAQUES

O trabalho de enfrentamento ao Coronavírus (COVID-19) em Roraima ganhará reforço a partir desta semana. É que o quadro de profissionais de saúde será ampliado, por meio da 2ª chamada para a contratação direta de trabalhadores da área de saúde pelo Governo do Estado, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde).

A partir desta quarta-feira, 13, serão convocados 58 enfermeiros e 60 técnicos de enfermagem. Os candidatos devem se apresentar na sede da Etsus (Escola Técnica do SUS), localizada na Rua Uraricoera, 1346, bairro São Vicente, Boa Vista, nos horários das 08 às 18h do dia 13 (para enfermeiros) e das 08 às 16h (para os candidatos aprovados no cargo de técnico de enfermagem) nos dias 14 e 15 de maio, conforme a Portaria nº 472/2020.

De acordo com o secretário de Saúde, coronel Olivan Junior, a convocação faz parte da força-tarefa que está sendo executada pela gestão para reforçar o trabalho de combate à doença, de forma que a população perceba imediatamente a melhoria da prestação do serviço.

“São medidas importantes e urgentes nesse momento, uma vez que é preciso dar atenção redobrada ao enfrentamento dessa doença, para garantir que vidas sejam salvas e que a população não sinta tanto as consequências dessa pandemia”, esclareceu o secretário.

Conforme Claudimar Rita Costa, que integra a equipe de organização do certame na CGTES (Coordenadoria Geral de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde), serão atendidos em média seis candidatos a cada hora. "O objetivo é evitar aglomerações, em atendimento às medidas de contingência do Coronavírus. A expectativa é manter a segurança de todos os candidatos”, esclareceu.

A contratação ocorrerá inicialmente utilizando-se o banco de dados dos profissionais da área de saúde já submetidos à seleção por Banca Examinadora da Sesau, por ocasião da participação no Processo Seletivo Simplificado 2019-01 (PSS SESAU 2019-01). “A contratação será em caráter imediato, logo após a assinatura do documento de opção pela nova modalidade contratual, em detrimento da continuidade da vaga a que concorreram no certame inicial”, complementou.

 DOCUMENTAÇÃO – Os candidatos devem comparecer munidos dos seguintes documentos:

 - cópia da cédula de identidade e CPF;

- cópia do comprovante de residência atualizado;

- cópia do PIS/PASEP;

- comprovante de dados bancários da Agência do Banco do Brasil;

- laudo médico-psiquiátrico assinado por especialista da área; e

- cópia da comprovação de rescisão contratual ou decreto de exoneração para candidatos com vínculo precário (contrato temporário ou cargo comissionado).

 

Publicado em DESTAQUES

A PCRR (Polícia Civil de Roraima) recebeu EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) para prevenção ao Coronavírus COVID-19. O material foi entregue na manhã desta terça-feira, 12, pela Sesau (Secretaria de Saúde) e Adepol (Associação dos Delegados), na sede da Delegacia Geral. Dentre os EPIs, constam 100 kits de testes rápidos destinados ao Gabinete Interno de Gerenciamento de Crise, responsável em atender aos profissionais da instituição com suspeita de Coronavírus doados pela Sesau e a Adepol doou 300 máscaras.

O presidente da Adepol, delegado Cristiano Camapum, e o vice-presidente, delegado Jorge Wilton Nepomuceno, entregaram as máscaras ao delegado geral, Herbert de Amorim Cardoso. Segundo Camapum, a entrega faz parte da contribuição da Adepol à Polícia Civil, como forma de auxiliar os colegas de trabalho neste momento de pandemia.

O delegado geral agradeceu o apoio da Adepol e disse que a doação vai contribuir para a proteção dos policiais que atuam nas delegacias. Ainda pela manhã, as máscaras começaram a ser entregues nas unidades policiais.

EPIs entregues pela Sesau

Segundo o delegado geral, Herbert de Amorim Cardoso, a Sesau disponibilizou para a Polícia Civil 100 kits para testagem rápida da COVID-19, máscaras descartáveis PFF2-S com válvulas, aventais descartáveis com elástico no punho, luvas cirúrgicas em três tamanhos, luvas nitrílicas, lancetas, álcool em gel e toucas descartáveis.

“Com a instalação do Gabinete Interno de Gerenciamento de Crise, formamos uma equipe para atender aos policiais com agendamento, acompanhamento e testagem rápida. Inclusive, dois servidores, uma escrivã acadêmica de Medicina e um odontolegista, foram treinados para fazer o teste nos policiais e familiares. Há uma grande dificuldade não somente em Roraima, mas em nível mundial, de falta de equipamento de proteção, mas a Delegacia Geral tem trabalhado para atender aos servidores da melhor forma possível”, disse.

Medidas de proteção aos policiais civis

Herbert de Amorim Cardoso destacou que vem adotando medidas visando a proteção dos policiais e do cidadão que busca os serviços da polícia. Dentre as medidas, consta a suspensão do registro de BO (Boletim de Ocorrência) presencial na unidade de polícia.

“Fortalecemos a Delegacia Online e ampliamos os tipos de naturezas de crimes a serem registrados. Eram antes somente três, mas hoje ofertamos 13 tipos. Também colocamos aparelhos de telefone celular nos distritos policiais, fazendo ampla divulgação dos números ao cidadão. Paralelamente, afastamos os servidores que fazem parte do grupo de risco, para que fiquem em home office e criamos o Gabinete Interno de Gerenciamento de Crise, para atender nossos profissionais. Desta forma, nossa meta é proteger o máximo possível os policiais civis”, afirmou o delegado geral.

Cardoso disse ainda que tem trabalhado para garantir EPIs aos policiais, principalmente aos que trabalham em unidades policiais mais sensíveis, tais como Central de Flagrantes, Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), Custódia, IML (Instituto Médico Legal), IIOC (Instituto de Identificação Odílio Cruz) e IC (Instituto de Criminalística).

Publicado em DESTAQUES

A Seapa (Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento) por meio dos técnicos da CPR (Casa do Produtor Rural) de Nova Colina, localizada no município Rorainópolis, auxiliam produtor rural de gado de corte, na adoção de tecnologias na construção de um sistema de semiconfinamento.

Segundo o Emerson Baú, secretário da Seapa, o uso dessas tecnologias e recorrer a assistência especializada  existente na secretaria é uma ferramenta que qualquer produtor rural, pode procurar. “Estamos presente em todos os municípios do Estado com as CPR’s, temos um excelente quadro de servidores experientes e de prontidão para auxiliar a quem necessita de apoio”, informou.

Conforme o projeto-piloto de semiconfinamento de gado de corte, que tem a duração de três anos, a ideia é produzir dentro de uma área e não precisar desmatar. Está planejado agora, uma plantação de milho mecanizado para incrementar na suplementação com silagem de milho. O investimento ficou por volta de R$ 10.000,00 (dez mil reais), para a implantação do capim elefante. E é um projeto pioneiro no Sul do Estado.

O técnico agrícola Adalberto Salgado, chefe da Casa do Produtor Rural de Nova Colina, comemora a finalização da primeira etapa do projeto-piloto. “É muita satisfação por vários fatores, primeiro pela questão ambiental da consciência do produtor em não desmatar, não abrir novas áreas e aproveitar o que já foi aberta, vamos aumentar a produtividade, fazendo o incremento de lucro no final da safra. Fico feliz pelo produtor ter procurado e acreditado na nossa equipe do escritório de Nova Colina”, frisou.

No projeto de semiconfinamento de gado de corte na CPR de Nova Colina, além do chefe do escritório, também participam do projeto, os técnicos agrícolas, Irama Freitas e Maria Rozely que auxiliaram dando orientação e assistência técnica ao produtor rural.

“Ele foi muito receptivo, fazendo exatamente tudo que era orientado e discriminado. A ideia principal desse projeto-piloto são baseados nesses dois pilares, primeiro em não incentivar o desmatamento para provar para os produtores da região que a gente consegue ter mais produtividade e ganhar mais dinheiro dentro de uma mesma área. Em segundo lugar, uso de tecnologia, incentivando os produtores na parte adubação, da análise de solo, de sistemas de plantio, e principalmente fazer as anotações devidas, registrar tudo que foi gasto, para no final o produtor saber quanto realmente ele teve lucro nesse projeto”. Informou Adalberto Salgado.

PROJETO-PILOTO – Nesse projeto-piloto não houve financiamento, a Seapa participa com orientação e assistência técnica, o recurso foi particular. Hoje a propriedade possui cerca de 450 cabeças de gado, e para as matrizes será oferecida uma alimentação de engorda, uma suplementação especial também será dada aos bezerros, ambas as fórmulas são prescritas pelos técnicos da Seapa,

O produtor rural tem o objetivo de manter a quantidade de animais no inverno e no verão, sendo que antes, ele tinha que alugar pasto no verão e vender gado para custear. A intenção é manter esses animais dentro da propriedade e em bom estado, sem ter que abrir mais áreas.

Enquanto as vacas comem em um ponto do pasto, os bezerros recebem uma suplementação especial, esta medida, vai refletir no peso de desmama de bezerros que é o principal objetivo econômico.

A plantação escolhida, capim elefante, será oferecida no cocho aos animais, no sistema de semi-confinamento. Esses animais vão passar duas vezes por dia, nessa praça de alimentação para receber a capineira, sal mineral ou entre outros alimentos. “Agora a gente está na fase de implantação de cochos, praça de alimentação e ração, que vai ser formulado pelo zootecnista Alexandre Andrade da CPR de Jundiá para cuidar desses animais, dentro de uns 60, 90 dias.” Explicou o chefe da Casa do Produtor.

Publicado em DESTAQUES
Terça, 12 Mai 2020 19:27

COMUNICADO

O Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado.

As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 2.188 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Deste total, 1.328 foram confirmados, 828 foram descartados e 27 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença, 13 em Alto Alegre, 08 no Amajari, 1.071 casos foram notificados em Boa Vista, 19 em Bonfim, 21 no Cantá, 07 em Caracaraí, 19 em Caroebe, 13 em Mucajaí, 04 em Normandia, 55 em Pacaraima, 57 em Rorainópolis, 05 em São João da Baliza, 19 em São Luiz e 01 em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 08 em Alto Alegre, 04 em Amajari, 628 notificações ocorreram em Boa Vista, 17 em Bonfim, 07 no Cantá, 01 em Caracaraí, 32 em Caroebe, 27 em Mucajaí, 03 em Normandia, 37 em Pacaraima, 21 em Rorainópolis, 18 em São João da Baliza, 15 em São Luiz e 01 em Uiramutã.

O Estado também contabiliza 27 óbitos por Coronavírus (COVID-19), 01 em Alto Alegre, 24 no município de Boa Vista, 01 Pacaraima.

Além disso, 287 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados.

Deste total, 01 em Alto Alegre, 271 são de Boa Vista, 03 de Bonfim, 04 do Cantá, 04 de Pacaraima e 02 de São Luiz. Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Publicado em DESTAQUES