Mostrando itens por marcador: governoderoraima

Nos dois últimos anos, o Governo do Estado, reconhecendo e valorizando a Educação de Roraima, vem fortalecendo o regime de colaboração entre a Seed (Secretaria de Educação e Desporto) e as Secretarias Municipais de Educação por meio da parceria entre Consed (Conselho Nacional dos Secretários de Educação) e Undime (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação).

Entre os frutos desse regime de colaboração, estão os cursos de formação continuada para profissionais que atuam nas redes municipais do interior do Estado. Nesta quinta-feira, 25, tiveram início as formações para Cantá, Caroebe e Mucajaí, com a participação de 349 cursistas.

O secretário adjunto de Educação Básica da Seed, Semaias Alexandre, participou da abertura dos cursos via web, que também contou com participação de Ramis Minguens da Costa, secretário municipal adjunto de Educação de Caroebe; Stela Damas, diretora do Ceforr (Centro Estadual de Formação dos Profissionais de Educação de Roraima); técnicos, servidores e cursistas.

“É um motivo de orgulho estarmos juntos com os formadores e com os secretários municipais, vivenciando essa pandemia e fazendo a nova educação acontecer. Os cursos de formação serão online como forma de motivar e orientar o novo fazer pedagógico nas escolas”, destacou Semaias Alexandre.

Os cursos

Os cursos são destinados aos gestores escolares, professores, secretários e auxiliares de secretaria escolar e para professores que atuam com a educação inclusiva. As formações possuem carga horária de 80 horas. As aulas serão no formato remoto e seguem até o dia 22 de abril.

Estão sendo ofertados os seguintes cursos: “Gestão Escolar: os desafios e possibilidades na prática”, “Novas perspectivas sobre o trabalho da secretaria escolar”, “Metodologias Ativas para a Educação Infantil e Anos Iniciais do Ensino Fundamental” e “Professores Auxiliares fomentando as suas práticas educativas da Educação Especial Numa Visão Inclusiva”.

Neste momento está sendo ofertado para Mucajaí apenas o curso destinado aos secretários escolares e, futuramente, as formações também chegarão para os demais profissionais do município.

Na programação de formação do Ceforr, setor responsável pela execução dos cursos, os próximos municípios a serem atendidos são Caracaraí, Iracema, Mucajaí e Pacaraima.

Para Pacaraima, estão em construção quatro cursos destinados a professores, gestores, profissionais da secretaria escolar e profissionais de copa e cozinha. Para Iracema e Caracaraí também serão ofertadas formações para gestores e professores. As inscrições serão amplamente divulgadas.

Publicado em DESTAQUES

Em apenas três dias de atuação, a Operação Hórus, da PMRR (Polícia Militar de Roraima), já conduziu 21 estrangeiros em situação irregular no Brasil para deportação pela Polícia Federal. Além disso, seis infratores foram presos e cinco veículos apreendidos. A operação foi deflagrada no dia 22 de fevereiro.

O comandante geral da PMRR, coronel Francisco Xavier, explicou que os cinco veículos apreendidos em Pacaraima, na fronteira com a Venezuela, eram utilizados para transportar os imigrantes que chegavam ao Brasil de forma ilegal.

“Os veículos foram apreendidos em função do transporte irregular de passageiros, em descumprimento ao decreto do Governo que regula o transporte coletivo intermunicipal. Os seis infratores foram presos pelo crime de Promoção de Imigração Ilegal, artigo 232-A do Código Penal, e os 21 imigrantes foram encaminhados para deportação”, pontuou.

O comandante também explicou as medidas tomadas nessa situação. “A deportação dos imigrantes é feita após a apresentação dos infratores e imigrantes ilegais na Delegacia da Polícia Federal em Pacaraima”, detalhou.

OPERAÇÃO HÓRUS - O foco da operação é combater o crime organizado na faixa de fronteira. A operação tem caráter permanente e faz parte do Programa VIGIA, que atua por meio de diversos pontos de bloqueio fixos e móveis nas faixas de fronteiras e divisas estaduais.

Estão sendo realizadas rondas ostensivas motorizadas com ações subsidiadas pelo levantamento de informações relevantes realizadas pelo Departamento de Inteligência e Informação da Polícia Militar, em colaboração com outros órgãos da segurança pública.

O foco da atuação policial são as organizações criminosas nacionais e internacionais, através da repressão ao tráfico de drogas e de armas, contrabando, descaminho e crimes ambientais.

 

Publicado em DESTAQUES

“O Governo do Estado, o Legislativo e o Judiciário, no que depender da nossa vontade, sempre estarão de braços dados, em busca de concretizar o ideal comum de servir a população.” A declaração, do governador Antonio Denarium, marcou a abertura do ano legislativo 2021 na manhã desta quinta-feira, 25, no Plenário da Assembleia Legislativa de Roraima.

Conforme ele, o Governo está estruturando políticas voltadas para a geração de empregos, para cuidar da saúde, da educação, da segurança, da população. “Esta é a nova política: cuidar das pessoas e dos que mais precisam. Roraima é o estado que escolhi para viver, criar meus filhos, trabalhar, empreender e quero meu Estado desenvolvido, onde todos possam ter oportunidade”, frisou.

Denarium destacou que as contas do Governo fecharam no azul em 2020, com crescimento da economia acima da média Nacional e geração de milhares de empregos formais, sendo que Roraima ficou em segundo lugar entre os Estados que tiveram mais crescimento do Produto Interno Bruto.

Ele disse que tem um estilo de governar. “Acredito que um governador deve sempre trabalhar com otimismo, trabalhar com garra em busca de construir o bem comum. Vontade de trabalhar é o que temos de sobra, uma vontade que não cabe no gabinete, que quer sempre o contato direto com a população, para construirmos aquilo que o povo precisa”.

O discurso foi ratificado pelo novo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Francisco dos Santos Sampaio, o soldado Sampaio, que considera importante a boa relação entre os Poderes, com independência na atuação, e juntos pelo desenvolvimento de Roraima.

“A união entre os Poderes e o compromisso com o Estado, em especial no tocante à valorização do povo roraimense. A minha gestão vai buscar fortalecer essa união e harmonia, em prol do desenvolvimento de Roraima, com geração de emprego e distribuição de renda”, enfatizou Sampaio.

SAÚDE

Durante a leitura da Mensagem Governamental, Denarium homenageou também os profissionais da saúde que estão na linha de frente de combate ao Coronavírus (COVID-19) e anunciou a participação de um consórcio de governadores para a aquisição de 500 mil doses de vacinas para imunizar a população do Estado em tempo hábil.

“A COVID-19 não irá vencer. Aumentamos em mais de 350% a quantidade de leitos de UTI, triplicamos a quantidade de leitos de enfermaria. Estamos entre os três estados que mais vacinou sua população”, reforçou o governador.

Segundo ele, também foram investidos em insumos e em medicamentos. “Investimos em contratação de pessoal para a saúde. Abrimos o Hospital Estadual de Retaguarda, onde funcionava o hospital de campanha, somente para atender pacientes com COVID”, disse.

Além disso, Denarium pontuou a instalação de barreiras sanitárias no Jundiá e no aeroporto e recomendou aos prefeitos que mantivessem isolamento social em seus municípios e estabelecemos decretos, sendo estes últimos, em alguns casos, um remédio amargo, porém necessário.

AVANÇOS NA GESTÃO

O governador destacou que nesse período de pandemia foi mantido o compromisso com a redução do gasto público e modernizou a gestão para o cidadão. “Dezenas de escolas foram revitalizadas e reformadas, muitas das quais não viam uma ‘mão de tinta’ há mais de 10 anos, e adquirimos novos ônibus escolares e mobiliário para as escolas. Quando retornar a aula presencial, nossos alunos terão mais estrutura física e conforto para estudar”, detalhou.

Mesmo sem as aulas presenciais, mais de 35 mil estudantes foram contemplados com os gêneros da alimentação escolar, garantindo a segurança alimentar nesse período de pandemia e distanciamento social.

A regularização fundiária está sendo tratada como política de Estado, priorizando o pequeno produtor que precisa de título para conseguir crédito mais barato. “Ressaltamos o crescimento da agricultura familiar, indígena e empresarial, mesmo com a crise que vivemos conseguimos atender a demanda de quem trabalha e produz”, disse Denarium.

No social, o governador destacou os programas sociais, em especial o Renda Cidadã e o Cesta da Família, que já contemplaram até o momento 10 mil famílias na Capital e interior. E na infraestrutura, foram enfatizadas as obras de recuperação de estradas e vicinais, além de substituição de pontes de madeira por concreto.

 

 

Publicado em DESTAQUES
Quarta, 24 Fevereiro 2021 23:54

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

O Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado. As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 183.338 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Destes 80.923 foram confirmados, sendo 19.380 por RT-PCR e 61.543 por teste rápido, 102.415 descartados, sendo 23.715 por RT-PCR e 78.700 por teste rápido e 1.083 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença, 1.048  em Alto Alegre, 729 no Amajari, 60.871 casos foram notificados em Boa Vista, 1.489 em Bonfim, 1.582 no Cantá, 1.715 em Caracaraí, 1.450 em Caroebe, 756 em Iracema, 1.811 em Mucajaí, 422 em Normandia, 1.854 em Pacaraima, 2.345 em Rorainópolis, 1.027 em São João da Baliza, 409  em São Luiz e 1.062 em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 1.385 em Alto Alegre, 1.092 em Amajari, 80.083 notificações ocorreram em Boa Vista, 2.473 em Bonfim, 1.329 no Cantá, 2.059 em Caracaraí, 1.744 em Caroebe, 1.040  em Iracema, 2.434 em Mucajaí, 449 em Normandia, 758 em Pacaraima, 3.158 em Rorainópolis, 1.278 em São João da Baliza, 626 em São Luís e 430 em Uiramutã.

O Estado também contabiliza 1.083 óbitos por Coronavírus (COVID-19), 21 em Alto Alegre, 16 em Amajarí, 814 no município de Boa Vista, 21 no Bonfim, 19 no Cantá, 27 em Caracaraí, 13 em Caroebe, 10 em Iracema, 24 em Mucajaí, 23 em Normandia, 32 em Pacaraima, 35 em Rorainópolis, 05 em São João da Baliza, 05 São Luiz e 07 em Uiramutã.

Além disso, 74.830 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados. Deste total, 915  em Alto Alegre, 639 em Amajari, 56.363 são de Boa Vista, 1.399 de Bonfim, 1.491 no Cantá, 1.515 em Caracaraí, 1.348 em Caroebe, 675 em Iracema, 1.706 em Mucajaí, 394 em Normandia, 1.787 em Pacaraima, 2.149 em Rorainópolis, 993 em São João da Baliza, 222 de São Luiz e 1055 em Uiramutã.

Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Publicado em DESTAQUES

Por meio da Secretaria da Fazenda, o Governo de Roraima fará nesta quinta-feira, dia 25, o pagamento do salário dos servidores estaduais da administração direta e indireta, referente ao mês de fevereiro. A medida vai injetar cerca de R$ 140 milhões na economia do Estado.

De acordo com o secretário da Fazenda, Marcos Jorge, o pagamento feito dentro do mês e sem atrasos é um compromisso do governador Antonio Denarium desde o início da sua gestão.

"O servidor público estadual enfrentou diversas dificuldades em gestões anteriores devido ao atraso no pagamento dos salários. O governador Antonio Denarium estabeleceu um calendário anual e vem cumprindo rigorosamente, o que dá mais segurança e estabilidade para os servidores, que podem fazer seu planejamento financeiro", disse.

O calendário

De acordo com o calendário, o pagamento do salário do mês de fevereiro será creditado em conta no dia 25, quinta-feira.

Nos meses subsequentes, fica da seguinte forma: março (dia 30), abril (29), maio (27), junho (30), julho (29), agosto (31), setembro (30), outubro (28), novembro (30) e dezembro (24).

A primeira parcela do 13º salário será creditada na conta do servidor no dia 30 de junho, juntamente com o salário daquele mês. Já a segunda parcela será paga dia 30 de novembro, junto com o salário do mês.

 

Publicado em DESTAQUES

A partir desta quarta-feira, 24, o trabalho de vigilância da COVID-19 será reforçado no Estado de Roraima. A medida será possível graças ao repasse de 45 mil testes antígenos rápidos, que apresentam resultado em um tempo mais curto, garantindo o diagnóstico positivo para a doença de forma mais rápida. Os testes estão sendo distribuídos aos municípios selecionados e já começarão a ser aplicados esta semana.

O teste deverá ser aplicado para pacientes sintomáticos que estiverem entre o primeiro e o oitavo dia de sintomas e é resultado da parceria entre o Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde) e a OPAS (Organização Pan-Americana da Saúde).

Os testes começaram a ser entregues para os municípios de Rorainópolis, Bonfim e Pacaraima (por se tratarem de áreas de fronteira) e os DSEIs (Distritos Sanitários Especiais Indígenas), que têm áreas de difícil acesso, além das principais unidades de COVID-19 de Boa Vista, bem como o HGR (Hospital Geral de Roraima), o HMINSN (Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth) e o HCSA (Hospital da Criança Santo Antônio), que são pontos estratégicos da capital e terão os testes para agilizar o fluxo de atendimentos.

O secretário de saúde, Marcelo Lopes, ressalta que essa parceria do Governo de Roraima com a OPAS veio para agilizar os trabalhos nas unidades, e principalmente, no Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública).

“Esses 45 mil testes antígenos rápidos vieram para agilizar o resultado dos exames de COVID-19. Isso irá ajudar a desafogar o Lacen, que poderá, além de realizar os testes RT-PCR, voltar a fazer plenamente outros exames, porque as rotinas não pararam, além de facilitar o acesso à população em geral quanto aos profissionais de saúde”, destaca o secretário.

Valdirene Oliveira, coordenadora geral de vigilância em saúde, afirma que os municípios receberam capacitação para manuseio dos testes.

“Eles já irão colocar o teste em prática. Todos foram capacitados por videoconferência. Há uma nota técnica orientando o fluxo a ser seguido, quem é a população indicada e se pode fazer o teste rápido antígeno. Para todas essas informações, eu tenho uma equipe acompanhando para tirar dúvidas e para orientar as unidades e os municípios”, informa.

A coordenadora salienta que o teste antígeno não substituirá o teste RT-PCR.

“Se o paciente estiver apresentando sintomas e o teste for negativo, a unidade em que ele for atendido deverá coletar o RT-PCR e encaminhar para o Lacen”, reforça.

Kennyson Rodrigues, representante do DSEI Leste, ressalta que os testes são de suma importância para áreas de difícil acesso tanto por via aérea quanto fluvial.

“Para essa questão da detecção, muitas vezes não temos acesso ou tempo hábil para fazer um RT-PCR, mas, com essa parceria do Estado com a OPAS, irá ajudar muito as populações indígenas, onde poderemos estar obtendo diagnósticos mais precisos o mais breve possível”, explica.

 

Publicado em DESTAQUES

Uma equipe da Secult (Secretaria da Cultura) acompanhou a produção do vídeo da artista venezuelana Keim Melissa, de 32 anos, na manhã desta quarta-feira, 24. A equipe foi firmada com objetivo de auxiliar os artistas durante as gravações de vídeos.

Melissa foi aprovada pelo edital de Artes Cênicas com recursos da Lei Aldir Blanc, do Governo de Estado, por meio da Secult. Com o recurso, a artista pôde comprar os materiais utilizados durante a técnica. Ela sempre gostou da arte circense desde criança, mas só teve início no tecido acrobático após a maternidade, aos 26 anos.

"Minha história com a arte circense começou há uns anos, depois que a minha filha nasceu. Eu procurei por algum treinamento físico e sempre tive paixão pelo circo. Foi quando eu procurei por uma escola circense, que é muito comum em Mérida, cidade em que eu nasci", afirma.

A arte de Melissa é uma modalidade de acrobacia aérea oriunda do circo, uma atividade que mistura força, beleza e autoconfiança. "Eu tive medo em começar, porque me disseram que eu já estava muito velha. Normalmente, as pessoas começam o treinamento desde criança. Mas eu descobri que isso não tem nada a ver. Eu comecei aos 26 anos e é uma experiência ótima, têm muitos benefícios. Além de aumentar a flexibilidade, ajuda a controlar a respiração, concentração e disciplina. Por isso que amo tanto", explica.

Keim Melissa conta que a atividade a auxiliou para começar sua vida em Boa Vista. "Me ajudou como uma terapia. Tenho uma filha que preciso manter e meu salário não estava dando para nada e tive uma oportunidade para vir trabalhar aqui com amigos. Graças a eles, estou aqui. A minha vida melhorou muito, consigo ajudar a minha família e a minha filha que precisou ficar lá, já que eu preciso trabalhar", detalha.

O Secretário adjunto de Cultura, Jaffé Oliveira, ressalta a importância da equipe de participar juntos da produção dos artistas. “A equipe da secretaria está acompanhando todos os trabalhos da Lei Aldir Blanc e a entrega dos produtos culturais, fazendo de todo o processo uma transparência maior e trazendo toda a credibilidade da execução e o pleno funcionamento dos trabalhos. Parabéns a toda a classe artística, que vem trazendo um material de grande valor a ser contemplado pela sociedade de Roraima”, reforça.

LEI ALDIR BLANC - O projeto de tecido acrobático foi um dos 480 projetos contemplados pelos editais culturais promovidos pelo Governo do Estado, por meio da Secult, totalizando um investimento de R$ 11.335.746,83. Os editais contemplaram projetos nas áreas de audiovisual, música, artesanato, literatura, artes cênicas, artes visuais, cultura alimentar, cultura indígena, cultura popular e afro-brasileira, economia criativa e gestão, pesquisa, difusão e capacitação nas áreas da cultura, economia criativa e patrimônio histórico.

Publicado em DESTAQUES

O Governo de Roraima, por meio da Desenvolve Roraima (Agência de Fomento do Estado de Roraima), entregou a primeira remessa de caixas-colmeia aos apicultores da ASA (Associação Setentrional de Apicultores) na tarde de terça-feira, 23. Além da entrega, houve assinatura das cédulas de crédito que formalizam o financiamento.

Ao todo, 23 produtores da ASA serão favorecidos. Cada um deles financiará 92 caixas-colmeia para ampliação da produção. Os contemplados são agricultores familiares que estão na atividade de apicultura há, no mínimo, um ano e não possuem restrições de crédito.

Nesta primeira remessa, foram entregues 276 caixas que, o que na prática, representam incremento na diversidade produtiva, uma vez que com aumento de matéria-prima também haverá aumento na produção de geleia real, própolis, cera e demais subprodutos da atividade melífera.

O repasse de recursos feito pelo Governo de Roraima garantiu aos apicultores o custeio de aproximadamente três mil caixas-colmeia, o que gerou motivação e boas expectativas entre os produtores.  “O nosso intuito é possibilitar a todos os produtores associados aumentar a renda familiar, além de oferecer uma variedade de mel de boa qualidade e em quantidade para atender toda região”, disse Dércio Ferreira, vice-presidente da ASA.

O secretário-chefe da Casa Civil, Flamarion Portela, representando o governador Antonio Denarium no evento, destacou que o Governo do Estado reconhece a importância e o potencial produtivo do agronegócio no âmbito da agricultura familiar, e por isso, elabora políticas que possam atender os pequenos produtores, e hoje, em especial, o setor da apicultura foi beneficiado com o crédito da Desenvolve Roraima.

LINHA DE CRÉDITO

Segundo Portela, a abertura desta linha de crédito vem de uma determinação do governador Antonio Denarium, que, há 90 dias, autorizou o crédito de R$ 570 mil para os apicultores. “É uma forma de valorizar o pequeno produtor, gerar renda dentro da agricultura familiar e estimular o desenvolvimento econômico de um setor com grande potencial de crescimento”, explica o presidente da Desenvolve Roraima, Adailton Fernandes.

O prazo de financiamento é de quatro anos, incluindo a carência de um ano. A taxa de juros é de 3% ao ano, bem abaixo daquelas praticadas no mercado.

Para Francisco Borges, apicultor, esse recurso chega em boa hora, já que a situação pandemia trouxe muita incerteza, e pelo menos com esse apoio vai ser possível aumentar a produção e dar continuidade às nossas atividades. “Estima-se que dentro de um ano, as colmeias desenvolvidas nestas caixas produzirão aproximadamente 20 toneladas de mel”, complementou.

Manaliel Pais Pereira Junior, é apicultor há um ano e meio, atualmente possui 25 colmeias em produção. “O incentivo disponibilizado pelo Governo é o que vai tornar o meu apiário com capacidade de comercialização e espero que em breve a atividade da apicultura seja minha principal fonte de renda”, disse.

Com as caixas-colmeia e a linha de financiamento, o apicultor Josias Rufino, estima dobrar a capacidade de produção e explica que o financiamento. “Veio na hora certa, antes da chuva, e assim poderemos ter, na colheita da safra, pelo menos uma tonelada de mel de boa qualidade”, argumentou.

 

 

Publicado em DESTAQUES

Após o STF (Supremo Tribunal Federal) ter formado maioria nesta terça-feira, 23, em julgamento virtual, para permitir que Estados e municípios possam importar e distribuir vacinas contra a COVID-19, o governador de Roraima Antonio Denarium (Sem Partido) integrou a Frente de Governadores do Norte que busca por vacinas para a população.

O objetivo, como definiu Denarium, é se unir "para salvar vidas", independentemente de partido político e questões ideológicas.

“O problema é que hoje as vacinas estão em falta no mercado e por isso nos juntamos à Frente de Governadores para adquirir mais doses no menor tempo possível. O mundo inteiro quer vacinas. Mas nós também temos pressa em vacinar toda a população de Roraima e se pudermos conseguir mais vacinas, além daquelas que o Governo Federal fornecer, vamos tentar. Integrei a Frente de Governadores e vamos batalhar pela vida. Queremos que as pessoas possam voltar às condições normais de convívio, fortalecendo a saúde a nossa economia para gerar emprego, renda e trazer desenvolvimento”, explicou o governador Denarium

O Fórum dos Governadores decidiu comprar as vacinas contra a COVID-19 diretamente com os laboratórios, e acrescentar ao que está sendo comprado pelo Ministério da Saúde.

“O Estado de Roraima já está com recursos garantidos para 500 mil doses, o que permitirá que a gente avance de maneira estratégica para o mais rápido possível imunizarmos toda a população. O Ministério da Saúde está fazendo sua parte e tentando de toda forma adquirir mais vacinas dentro do Plano Nacional de Imunização, que estão em falta no mercado”, disse Denarium.

Além de Roraima, 21 Estados já estão buscando dialogar com outros laboratórios para complementar em 25% o que o plano do governo já prevê de imunização para a população.

“O que nós queremos é acertar a condição de compra de algo em torno de 25%. Ou seja, 50% mais 25%, dá 75%, com isso a gente alcança já em julho e não em dezembro ou 2022, a meta de imunização. O que queremos é que em Roraima tudo volte ao normal o mais rapidamente possível, para a gente tirar essa pressão de ocupação da rede hospitalar que hoje está apenas com o Estado, visto que a prefeitura da Capital pouco ou quase nada faz para ajudar nessa luta”, detalhou Denarium.

 

Publicado em DESTAQUES

O bairro São Bento e a comunidade Nova Vida, localizados às margens da Avenida Brasil, em Boa Vista, recebem esta semana por parte do Governo do Estado, por meio da Caer (Companhia de Águas e Esgotos de Roraima), ações de melhorias no abastecimento de água.

A primeira ação será iniciada a partir da próxima quinta-feira, 25, no São Bento, com a substituição do conjunto de motobombas para duplicar a vazão de água do principal poço artesiano que abastece a região, localizado na Avenida Felix Valois.

A rede adutora de 60mm também será substituída por uma de 100mm que, interligada à rede de 200mm, vai aumentar a pressão nos pontos mais altos e melhorar a oferta de água no bairro. “Esta ação será sentida de imediato pelos moradores desta área”, afirmou o presidente da Caer, James Serrador, que visitou os pontos críticos da região nesta terça-feira, 23.

Na comunidade Nova Vida, Serrador conversou com moradores e verificou que entre as principais dificuldades enfrentadas está a carência de uma rede de distribuição de água adequada. O objetivo é garantir o fornecimento de água tratada para a população, principalmente neste período de pandemia.

“Recebemos a determinação do governador Antonio Denarium para visitar a área in loco, conversar com moradores e procurar solucionar o problema do abastecimento, com implantação de uma rede de água neste primeiro semestre, tanto na área próxima à Avenida Brigadeiro como na área próxima à Lagoa de Estabilização”, disse James.

Conforme levantamento realizado pela Gerência de Projetos e Obras da Caer, cerca de 500 famílias serão beneficiadas com as obras de saneamento, por meio da implantação da rede de distribuição de água potável.

O presidente da Associação de Moradores do Nova Vida, Cleo Matos, destacou a importância da visita in loco do presidente da empresa, diante das necessidades locais. “Há anos os moradores lutam para que o bairro receba água de qualidade. Com essa ação, o governador Antonio Denarium está realizando os sonhos de muitas famílias”, disse.

 

Publicado em DESTAQUES
Página 1 de 259