Mostrando itens por marcador: cadadiamelhor

Uma parceria entre o Governo do Estado e o Fundo de Populações das Nações Unidas, agência da ONU no Brasil, vai proporcionar melhorias nas áreas da saúde, bem-estar social e no sistema prisional de Roraima. Um documento foi assinado nesta quarta-feira, 19, no Palácio Senador Hélio Campos, pelo secretário de Saúde, Marcelo Lopes e o chefe do Escritório do Fundo em Roraima, Igo Marttini.

O ato contou com a participação do governador Antonio Denarium e da representante do Fundo no Brasil, Astrid Bant, que acompanhou o ato por meio de videoconferência.

“Para reafirmar nosso compromisso com o Estado de Roraima, hoje estamos formalizando um memorando de entendimento com a Secretaria de Estado da Saúde. Vamos atuar em parceria com a Sesau com o objetivo de contribuir na ampliação do acesso a informações corretas sobre direitos reprodutivos e apoiar na ampliação do acesso aos métodos contraceptivos seguros, eficazes, acessíveis e aceitáveis”, declarou Astrid.

Marcelo Lopes, titular da Sesau, reforçou a importância da parceria no atendimento às mulheres em todo o Estado. “A política do Fundo de Populações das Nações Unidas nesse momento vem de encontro com a política do Governo do Estado, em especial na proteção às mulheres quando falamos em ampliação da maternidade da Capital para interior com a maternidade de Rorainópolis”, reforçou.

Doação

O Governo recebeu doação de ‘kits dignidade’ para mulheres dos abrigos da Setrabes (Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social), para unidades de saúde e para mulheres do sistema prisional, além da disponibilização de uma equipe de saúde para orientações sobre saúde sexual e gravidez na Cadeia Feminina. A entidade também apoia a Setrabes nas ações de combate a violência contra a mulher.

O Governo do Estado também recebeu da entidade, a doação de insumos médicos hospitalares para o fortalecimento dos serviços de saúde no atendimento de populações mais vulneráveis com ênfase na saúde sexual e reprodutiva de mulheres e na atenção a pessoas vivendo com HIV, Aids e hepatites, além de EPI´s (Equipamentos de Proteção Individual) para enfrentamento à pandemia do Coronavírus.

O governador Antonio Denarium agradeceu as doações. “Agradeço ao Fundo de Populações das Nações Unidas pelas doações feitas ao Estado de Roraima através da Secretaria de Justiça e Cidadania, da Secretaria de Bem-Estar Social e da Secretaria de Saúde onde as doações foram de equipamentos médico-hospitalares, EPIS e outros que são de grande importância para o Estado”, ressaltou.

Também gostaria de agradecer à representante Astrid Bant que esteve em Roraima ano passado para ouvir nossas demandas e vem, desde então, trabalhando conosco no atendimento às pessoas mais vulneráveis”, acrescentou.

 

Publicado em DESTAQUES
Quarta, 19 Agosto 2020 12:06

50 toneladas de alimentos para Santa Maria

A balsa do Governo do Estado carregada com 50 toneladas de alimentos, combustível e medicamentos chegou no final da tarde desta segunda-feira (17) a Santa Maria do Boiaçu, região do Baixo Rio Branco, Caracaraí.

A missão envolve diretamente secretarias estaduais, o Corpo de Bombeiros Militar de Roraima, Exército Brasileiro e empresas privadas em uma das maiores ações humanitárias de apoio à população ribeirinha.

A ação segue até o dia 3 de setembro e pretende atender todas as comunidades ribeirinhas da região.

 

 

Publicado em DESTAQUES

Com a pandemia do Coronavírus (COVID-19) e as aulas remotas, os professores tiveram que se adaptar ao uso das tecnologias e plataformas digitais.  Pensando nisso, a Seed (Secretaria de Educação e Desporto) por meio do NTE (Núcleo de Tecnologia Educacional) vai realizar uma formação em dois momentos: de 17 a 21 de agosto e entre os dias 26 a 28 de agosto.

Para participar, os interessados devem fazer a inscrição por meio do endereço eletrônico: https://forms.gle/YZT2PNizZJvbhEYC6. As inscrições iniciam nesta segunda-feira, 17, e encerram dia 21 de agosto.

“É necessário que os interessados preencham o formulário com os seus dados pessoais e escolham a oficina que desejam participar”, explicou a coordenadora pedagógica do NTE, Soraya Melo.

A formação tem como tema ‘Práticas pedagógicas mediadas por tecnologias no ensino não presencial’ e é voltada para a comunidade escolar da Rede Estadual de Ensino. A web conferência ocorrerá por meio dos aplicativos Google Meet e TeamLink.

Podem participar gestores, coordenadores pedagógicos, secretários escolares, alunos e professores. “O nosso foco são os professores, pois estão atuando diretamente nas aulas remotas, mas os demais profissionais podem participar também para conhecer essas ferramentas”, disse Soraya.

CONTEÚDO

Serão ofertadas as oficinas de: Como utilizar o WhatsApp no computador, agendamento de reuniões no Google Meet, Dicas para criar uma vídeo aula, aplicativos de videoconferência: Zoom, Meet e Skype, edição de vídeos pelo activepresenter, edição de imagem através do photoscape, editar vídeo  no celular utilizando o powerdiretor e configuração de documentos.  

A formação ocorrerá em dois momentos. Do dia 17 a 21 de agosto ocorrerá nas escolas. Ou seja, os orientadores de tecnologia capacitarão os professores com temáticas de acordo com as demandas da Instituição de Ensino.

O segundo momento ocorrerá do dia 26 a 28 de agosto com todos os profissionais da rede estadual que têm interesse em se aperfeiçoar mais no assunto com temáticas mais gerais. Ambos os momentos ocorrerão de forma online.

 

CONFIRA AS DATAS

 

TEMA DA FORMAÇÃO

DATA

HORÁRIO

APLICATIVO

Como utilizar o WhatsApp no computador

26 de agosto

19h

Google Meet

Dicas para criar uma videoaula

26 de agosto

16h

TeamLink

Aplicativos de videoconferência

26 de agosto

19h às 20h

Google Meet

Edição de vídeos pelo activepresenter

26 de agosto

16h

Google Meet

Configuração de documentos

27 de agosto

18h às 20h

Google Meet

Agendamento de reuniões no Google Meet

28 de agosto

15h

Google Meet

Edição de imagens através do photoscape

28 de agosto

19h às 20h

Google Meet

Editar vídeo no celular utilizando o powerdiretor

28 de agosto

15h

Google Meet

 

 

 

Publicado em DESTAQUES

Inaugurado no dia 18 de agosto de 1993, na gestão do governador Ottomar de Souza Pinto, o Palácio da Cultura Nenê Macaggi comemora nesta terça-feira 27 anos de criação.

A obra possui auditório com capacidade para receber mais de 500 pessoas e uma Biblioteca pública e infantil, além de ser a sede da Secult (Secretaria de Cultura) desde 2013.

Devido à pandemia, o espaço está fechado para visitação. Porém, a equipe da Secult está em processo de reabertura levando em consideração os protocolos recomendados pelo Sistema Nacional de Biblioteca Publica - SNBP, através da Secretaria Especial de Cultura e respeitando estritamente as determinações de autoridades locais.

A diretora do Departamento de Biblioteca Pública da Secult, Meiry Sherlock, disse que entre as medidas adotadas será necessária a desinfecção e limpeza das bibliotecas, que deve ser realizada seguindo as recomendações das autoridades de saúde.

“Estamos nos adequando para um protocolo de ação antes da reabertura das bibliotecas, um retorno gradual para evitar ao máximo as chances de infecção e disseminação da COVID‐19 e garantir a segurança das equipes da biblioteca e de seus usuários. A equipe é um dos recursos essenciais das bibliotecas. É por isso que a proteção é mais do que necessária para cuidar da saúde desses profissionais. Essa proteção também garantirá o retorno gradual à normalidade da biblioteca” reforçou.

HISTÓRIA

O Palácio da Cultura recebeu o nome da escritora Nenê Macaggi. Filha de Narcizo Lourenço Macaggi e de Maria de Paiva Macaggi. Ainda muito jovem se mudou para o Rio de Janeiro onde começou sua carreira jornalística no “Jornal do Brasil” e no “Jornal de Notícias”, além de escrever para algumas revistas semanais, dentre elas: “A Carioca”, “O Malho”, e “A Seleta”. Seus primeiros romances foram: “Chica Banana”, e “Água Parada” – ambos escritos em 1930; e “Contos de Dor e Sangue” (1940).

A importância de Nenê Macaggi para a literatura roraimense, se intensificou quando ela começou a escrever sobre o cotidiano da vida do boa-vistense. Seu romance “A Mulher do Garimpo”, escrito na década de 70, é considerado o marco inicial da produção literária em Roraima.

Depois do falecimento de Nenê Macaggi, em 04 de março de 2003, o Conselho de Cultura solicitou que fosse redenominado o Palácio da Cultura com o nome de Maria Macaggi (Nenê Macaggi), sendo atendido pelo governador, à época Francisco Flamarion Portela, através do Decreto Estadual nº 5.975-E, de 27/09/2004.

 

 

Publicado em DESTAQUES
Terça, 18 Agosto 2020 23:48

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

O Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado. As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 76. 384 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Destes, 40.501 foram confirmados, sendo 8.409 por RT-PCR e 32.092 por teste rápido, 35.883 foram descartados e 575 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença, 502 em Alto Alegre, 279  no Amajari, 30.214 casos foram notificados em Boa Vista, 610 em Bonfim, 840 no Cantá, 767 em Caracaraí, 833 em Caroebe, 237 em Iracema, 1.052 em Mucajaí, 272 em Normandia, 1.259 em Pacaraima, 1.409 em Rorainópolis, 736 em São João da Baliza, 200 em São Luiz e 596 em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 541 em Alto Alegre, 332 em Amajari, 27.031 notificações ocorreram em Boa Vista, 881 em Bonfim, 434 no Cantá, 659 em Caracaraí, 499 em Caroebe, 307 em Iracema, 1.230 em Mucajaí, 229 em Normandia, 294 em Pacaraima, 1.788 em Rorainópolis, 564 em São João da Baliza, 209 em São Luís e 161 em Uiramutã.

O Estado também contabiliza 575 óbitos por Coronavírus (COVID-19), 14 em Alto Alegre, 06 em Amajarí, 445 no município de Boa Vista, 11 no Bonfim, 09 no Cantá, 08 em Caracaraí, 04 em Caroebe, 04 em Iracema, 12 em Mucajaí, 09 em Normandia, 26 em Pacaraima, 20 em Rorainópolis, 03 em São João da Baliza, 02 São Luiz e 02 em Uiramutã.

Além disso, 10.625 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados.

Deste total, 139 em Alto Alegre, 54 em Amajari, 7.417 são de Boa Vista, 77 de Bonfim, 460 no Cantá, 121 em Caracaraí, 278 em Caroebe, 48 em Iracema, 176 em Mucajaí, 13 em Normandia, 370 em Pacaraima, 666 em Rorainópolis, 406 em São João da

Baliza, 125 de São Luiz e 32 em Uiramutã.

Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Publicado em DESTAQUES

O Governo de Roraima em breve vai distribuir mais carteiras escolares para equipar as instituições de ensino e levar mais conforto aos estudantes da rede. No momento, a Seed (Secretaria de Educação e Desporto) trabalha na montagem dos mobiliários.

As novas 9.008 unidades estão armazenadas no Ginásio Vicente Ítalo Feola (Totozão) e é lá também que elas estão sendo montadas. Há muito tempo o Governo do Estado não adquiria novos mobiliários. Em grande parte das escolas, as carteiras ou ainda são de madeira, ou são pequenas para acomodar os estudantes adolescentes do Ensino Fundamental Maior e Ensino Médio.

Aos poucos esses mobiliários antigos estão sendo substituídos pela atual gestão. As novas carteiras adquiridas são anatômicas e mais confortáveis para os alunos que passam parte do dia em sala de aula.

Até o momento, a Seed já distribuiu 5.992 carteiras sendo 1.303 para seis escolas do interior, 225 para duas escolas localizadas em comunidades indígenas e

outras 4.464 foram distribuídas em 10 escolas da capital.

“O Governo vem investindo na reestruturação das escolas, com aquisição de novos mobiliários e equipamentos a fim de auxiliar professores e alunos na melhoria do processo de ensino aprendizagem, o que vai refletir também na melhoria dos nossos índices educacionais”, destacou secretária de Educação e Desporto, Leila Perussolo.

Assim que as carteiras forem todas montadas, a Seed iniciará nova etapa de distribuição dos mobiliários, seguindo cronograma que está sendo finalizado.

INVESTIMENTOS NA REDE – Há mais de dez anos esse tipo de material permanente não era adquirido para a Educação. No início deste ano o Governo adquiriu 15 mil carteiras escolares, 580 mesas para atendimento a alunos cadeirantes. E ainda 1,5 mil mesas para refeitório e 2,5 mil cadeiras para professores e para as dependências administrativas das escolas. O valor investido do Tesouro Estadual na aquisição destes mobiliários é na ordem de R$ 6.399.812,20.

No dia 13, o Governo do Estado realizou a entrega de mais equipamentos, materiais e mobiliários para a rede estadual de ensino. Foram adquiridos 17.087 kits de material escolar para as escolas indígenas e do sistema prisional com investimento do Tesouro Estadual de R$ 988.875,65.

Também foram adquiridos 34 kits de instrumentos musicais para bandas e fanfarras escolares. O valor do investimento com recursos do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) é de R$ 620.282,40.

Com recursos do Tesouro Estadual no valor de R$ 984.355,00, o Governo do Estado realizou a compra de 225 computadores e 10 notebooks investindo na informatização dos setores administrativos da Seed.

Outro investimento que irá atender os setores administrativos da Seed e também das escolas é a aquisição de 2.210 cadeiras entre giratórias e longarinas na ordem de R$ 1.302.924,00.

Publicado em DESTAQUES

A Codesaima (Companhia de Desenvolvimento de Roraima) em parceria com a Caixa Econômica Federal, Senai-RR (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) e a academia Vale dos Pitbulls vai ofertar aulas de jiu-jitsu  para crianças no residencial Vila Jardim, no Cidade Satélite.  

O instrutor de Jiu-Jitsu, Sandro Pitbull, se reuniu nesta terça-feira (18), com o presidente da Codesaima, Anastase Vaptistis Paporrtzis, para tratar dos detalhes do curso de artes marciais. “As aulas serão ofertadas exclusivamente para moradores do Residencial Vila Jardim. O público alvo são crianças com a idade a partir de 05 anos”, disse Paporrtzis.

As aulas serão nos horários das 8h às 10h, das 16h às 18h, e das 19h às 21h.  Cada horário terá vaga para 50 inscritos. O curso começa no próximo dia 31 de agosto. As aulas acontecerão no espaço do Senai-RR, que fica atrás da Escola Estadual Militarizada Irmã Tereza Parodi.

Pitbull disse que o projeto acompanhará o calendário escolar. O principal critério para participar das aulas é que a criança esteja matriculada na rede pública de ensino. Mesmo que o aluno não esteja indo pra escola, por conta da pandemia, ele deve estar matriculado e participando das atividades não presenciais.

O espaço do Senai-RR é uma grande área onde eram realizados cursos profissionalizantes para os moradores. O local comportará com comodidade essa ação social. “O tatame é de 10m x 10m, onde vão treinar todos juntos, as 50 crianças e ainda vai sobrar espaço”, comentou.

A inscrição é gratuita, basta o pai ou responsável levar uma avaliação médica de aptidão física e mental, certificando a capacidade da criança de participar dos treinamentos. Os 30 primeiros inscritos receberão quimonos de graça que foram adquiridos quando a parceira entre as instituições foi firmada.

Os professores serão voluntários. Sandro Pitbull e mais quatro instrutores da academia Vale dos Pitbulls darão as aulas. O Senai-RR fornecerá a estrutura, a Caixa entrará com despesas adicionais e a Codesaima cuidará do espaço e dos materiais utilizados.

O instrutor diz que há 25 anos trabalha com projeto social e que já pensava em expandi-lo para o Vila Jardim. “Aquela área precisa muito. É um projeto que tira as crianças das ruas para ficarem longe da violência e das drogas”, comentou.

O mesmo projeto é desenvolvido por Pitbull, na sede da AECO (Associação dos Empregados da Codesaima), no bairro Pricumã. Devido a pandemia as aulas estavam paradas, mas retornam no próximo dia 24 de agosto.

Publicado em DESTAQUES

O Governo do Estado está empenhado no combate ao Coronavírus (COVID-19) e dessa vez a parceria entre Corpo de Bombeiros e Sesau (Secretaria de Saúde) resultou na doação de cinco mil máscaras de tecido. O material será repassado aos profissionais de saúde que atuam nas unidades hospitalares.

De acordo com o secretário Adjunto de Saúde, Armando Santos, o trabalho conjunto tem contribuído de forma expressiva para a execução das ações em Roraima.

“O Corpo de Bombeiros tem nos ajudando bastante ao longo desse período de pandemia, não somente com as doações, mas também por meio do trabalho integrado nas barreiras sanitárias, o apoio logístico no recebimento de materiais na Coordenadoria Geral de Assistência Farmacêutica. E esse reforço tem sido fundamental para o sucesso das ações”, esclareceu.

Segundo a tenente coronel Rosimeire de Oliveira, representante do Corpo de Bombeiros, a somatória de esforços contribui para o alcance eficaz e célere das metas de trabalho, e quem ganha com isso é a população.

“Como nós estamos enfrentando essa pandemia, então é com muito prazer que o comandante recebeu as doações do Banco Itaú, através do Senador Mecias de Jesus, e nós estamos repassando aos nossos companheiros que atuam na área da saúde”, complementou.

Publicado em DESTAQUES

Uma agroindústria em crescimento, a avicultura de postura – atividade que se destina a criação de galinhas para produção de ovos – registrou um aumento de 20% na produção do mês de maio de 2020 em comparação com o mesmo período do ano passado. A produção passou de 4,64 milhões de ovos por mês para 5,8 milhões. Segundo dados da Aderr (Agência de Defesa Agropecuária de Roraima), esse número se mantém e o setor movimenta todos os meses cerca de R$ 2,5 milhões.

Esse crescimento se deve a procura cada vez maior pelo produto. Além de ser um alimento de alto valor nutricional, também é uma alternativa mais barata do que a carne. A produção é toda consumida no mercado interno. A qualidade e origem dos ovos são garantidas pelo selo SIE (Serviço de Inspeção Estadual) da Aderr. O plantel – grupo de animais de raça – de aves é criado em regime de confinamento e com alimentação regulada.   

Atualmente, o segmento conta com 10 produtores, sendo três da agricultura familiar. A maior parte das granjas está nos arredores de Boa Vista, o que facilita a logística, permitindo uma distribuição constante em pequenos mercados e grandes supermercados. O presidente da Aderr, Gelb Platão, afirma que a agroindústria gera centenas de empregos diretos e indiretos. “É uma atividade que além de movimentar a economia em grande escala, também gera renda para as famílias de agricultura familiar”, disse.

SIE assegura sanidade do alimento

Responsável por garantir a sanidade dos alimentos que são consumidos pelos roraimenses, a Agência de Defesa tem incentivado os produtores a procurarem a regularização com o cadastro no SIE. O selo de inspeção garante o consumo saudável e permite que os produtos possam ser vendidos em todo Estado.

“Nós estamos prontos para atender qualquer empreendedor que queira ter seu produto legalizado e preparado para conquistar o mercado. A Aderr está de portas abertas para informações sobre o registro. Lá temos um manual onde explicamos passo a passo como fazer para obter o selo de inspeção.”, destacou Platão.

Os estabelecimentos registrados passam por fiscalização rotineira. Eles cumprem e respeitam as normas sanitárias vigentes. Segundo o gerente de Inspeção de Produtos de Origem Animal, Diego Costa, há uma série de exigências tecnológicas e estruturais para garantir que os ovos vendidos tenham qualidade e sejam sanitariamente segura.

“É interessante frisar que o ovo é um alimento muito nutritivo e consumido amplamente pelas pessoas, por isso é de extrema importância que a população procure consumir ovos de granjas registradas nos serviços de inspeção. Isso garante a qualidade do produto e evita problemas de saúde”, ressaltou Costa.

 

Publicado em DESTAQUES

Em decisão liminar concedida nesta terça-feira (18), o Juiz Phillip Barbieux Sampaio concedeu tutela de urgência determinando o prazo de 5 dias para que o Município de Boa Vista renove as Licenças de Operação dos Sistemas de Águas e Esgotos em favor da Caer (Companhia de Águas e Esgotos de Roraima), sob pena de multa cominatória no valor de R$ 5 mil diários.

Conforme explicou o procurador jurídico da Empresa, Deusdedith Ferreira, a medida judicial foi necessária uma vez que, sendo a Caer prestadora de serviços de abastecimentos de água tratada, coleta e tratamento de esgoto sanitário, a licença ambiental é necessária para a aquisição dos insumos químicos utilizados no tratamento e análise da qualidade da água fornecida.

Entretanto, as licenças foram negadas pela Secretaria de Meio Ambiente do Município de Boa Vista, que exigiu a certidão negativa de débitos tributários da Caer, mesmo a Empresa observando o prazo legal e comprovando o preenchimento de todas as exigências legais.

Ocorre que, o STF (Supremo Tribunal Federal) veda a cobrança indireta de tributos porque a Fazenda Pública possui os meios necessários para cobrança de suas dívidas, sejam elas tributárias ou não e, portanto, não pode se utilizar de meios indiretos para obrigar o contribuinte ao pagamento de tributos.

Além disso, a Caer é a única empresa que fornece água tratada e tratamento de esgoto em todo o Estado de Roraima. Sem a emissão da licença ambiental, todos os usuários ficariam sem água tratada, o que também poderia causar danos irreparáveis ou de difícil reparação, não só para a Empresa, mas também para a população.

“A Caer atendeu todos os requisitos necessários para a emissão da licença, no entanto o município exigiu a certidão negativa de débitos da Empresa e a jurisprudência é firme no sentido de que a administração pública não pode exigir de forma indireta e coercitiva o pagamento de dívidas ou tributos para expedição de alvarás de funcionamento ou licença de operação. Então ajuizamos a ação para evitar prejuízos para a empresa e, especialmente, para a população”, explicou Ferreira.

Cobertura

A Caer atende atualmente 59.228 residências interligadas à rede de esgoto na capital e 133.542 ligações de água em 38 localidades de Roraima, entre sedes municipais e vilas. E está investindo na ampliação da oferta de água com a perfuração de 50 poços tubulares para atender as necessidades da população do município de Boa Vista e no interior, um investimento de R$ 6 milhões de recursos oriundos da própria Companhia.

 

Publicado em DESTAQUES