Terça, 02 Julho 2019 20:03

PROGRAMA HABITACIONAL | Obras do conjunto habitacional para servidores públicos iniciam em Agosto Destaque

Escrito por NEUZELIR MOREIRA
A primeira etapa prevê a construção de 840 unidades habitacionais no bairro Centenário A primeira etapa prevê a construção de 840 unidades habitacionais no bairro Centenário Ederson Brito

Dando continuidade ao projeto do Governo do Estado para diminuir o déficit habitacional em Roraima, o governador Antonio Denarium se reuniu nesta terça-feira, dia 2, no Palácio Senador Hélio Campos, com Felipe Albuquerque, diretor de Engenharia da empresa AFX Construções LTDA, para conhecer detalhes da construção do conjunto habitacional para servidores, que terá início em agosto deste ano.

Na primeira fase, serão investidos R$ 160 milhões na construção de 1.320 unidades, sendo 840 unidades no bairro Centenário e 480 unidades no bairro caranã.

“As unidade serão financiadas pela Caixa Econômica por meio do Projeto Minha Casa, Minha Vida, no bairro Centenário, e vão beneficiar os servidores cadastrados da faixa 3. É mais uma ação do Governo do Estado para melhorar a qualidade de vida da pessoas e a habitação em Roraima”, pontuou Denarium.

Ainda conforme o governador, outros projetos estão sendo desenvolvidos para atender as demais as faixas do Projeto Minha Casa, Minha Vida. “Em breve estaremos lançando outros projetos, com mais de mil moradias, tanto em Boa Vista, como no Interior do Estado”, ressaltou.

AS OBRAS - Felipe Albuquerque explicou que as obras do novo conjunto habitacional devem ser concluídas no prazo de 24 a 30 meses.

No bairro Centenário, zona Oeste de Boa Vista, serão construídas 840 unidades habitacionais, em uma área de 48.600 m², em prédios de 15 andares por torre - sete, ao todo -, que contemplam área de lazer, piscina, quadra de esporte.

A primeira fase das obras vai gerar quase 2.000 empregos diretos e indiretos, e movimentar a economia local.

“Esse projeto é destinado a servidores que se enquadram na faixa 3, do Programa Minha Casa, Minha Vida. Portanto, todos os servidores que estão dentro da faixa salarial entre R$ 4.500,00 a R$ 9 mil por família, podem ser cadastrar  para adquirir esses apartamentos junto a Caixa Econômica. A documentação para o lançamento  do empreendimento já está tramitando na Prefeitura e as obras devem começar em 45 dias” esclareceu Felipe.

O terreno para a construção dos prédios foi doado pelo Governo do Estado. Assim, as parcelas do financiamento dos apartamentos terão um valor reduzido, facilitando a compra do imóvel. O Governo vai entrar em contato com servidores já cadastrados e também abrirá novas inscrições para projetos futuros.

O PROGRAMA - O Programa habitacional para servidor teve mais de 12 mil inscrições no site do servidor.

A proposta do programa é ajudar os servidores a adquirir a casa própria, reduzindo o valor financiado, visto que, em contrapartida o Governo está doando os terrenos para a construção dos apartamentos residenciais.

Assim como em outros programas habitacionais, servidor que se enquadra no perfil do programa vão passar por análise de crédito.

Os apartamentos serão financiados de acordo com a renda do servidor, nos mesmos moldes do Programa Minha Casa, Minha Vida. Mas isso quem vai definir é a Agência Financiadora, no caso, a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil.

Os recursos destinados à construção das habitações são provenientes do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço).