Terça, 02 Julho 2019 19:37

PACTO DE SEGURANÇA | Forças de Segurança fazem pacto para diminuir criminalidade em Roraima Destaque

Escrito por EDUMAR JUNIOR
Avalie este item
(0 votos)
Trabalho integrado entre as forças de segurança Estadual, municipal, federal e o exército brasileiro foi assinado no Palácio Senador Hélio Campos Trabalho integrado entre as forças de segurança Estadual, municipal, federal e o exército brasileiro foi assinado no Palácio Senador Hélio Campos Ederson Brito

As forças de Segurança de Roraima se uniram para traçar estratégias e ações para enfrentar a criminalidade. Na segunda-feira, 1°, foi assinado o Pacto da Segurança de Roraima no Palácio Senador Hélio Campos, onde a instituições passam a trabalhar em conjunto em prol da população.

O governador Antonio Denarium pediu apoio a todas as instituições para o sucesso do trabalho. “Nós vamos fazer um trabalho integrado com todas as polícias para combater o crime organizado, o tráfico, o descaminho, o contrabando para levar mais segurança para toda a população”, disse.

Para o secretário de Segurança Pública, coronel Olivan Junior, o Estado está montando uma ação de força tática para os próximos dias.

“O primeiro passo é montar um plano de segurança estadual, estamos fazendo isso. Em seguida é contar com o compromisso de todas as esferas para que possamos fazer uma segurança de qualidade. Nosso Estado é diferente, temos uma grande área de fronteira, estamos enfrentando uma crise imigratória venezuelana, por isso todos as esferas devem atuar juntas”, afirmou.

O comandante da Polícia Militar, coronel Elias Santana explicou que a PM já trabalha em parceria com outros órgãos e disse que o trabalho em cooperação é o melhor caminho para combater a criminalidade.

“Já fazemos parceria com a Polícia Civil, com a Guarda Municipal, com a Força Nacional  porque o objetivo de todos é um só, a segurança da população”, enfatizou.

Os deputados Jorge Everton, Renato Silva e Soldado Sampaio também  participaram do evento. Everton falou que a participação dos deputados na segurança pública precisa ser efetiva

“Temos que destinar verbas para a segurança, acompanhar essas discussões e fiscalizar se os recursos destinados estão sendo aplicados de forma correta”,  explicou.

Participaram também da reunião representantes da Guarda municipal, Polícia Militar, Detran (Departamento Estadual de Trânsito), Corpo de Bombeiros, Sejuc (Secretaria de Justiça e Cidadania), Polícia Civil, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, além do MPF (Ministério Público Federal) e MPE-RR (Ministério Público Estadual de Roraima).

Ler 672 vezes Última modificação em Quarta, 03 Julho 2019 18:35