Terça, 18 Junho 2019 20:14

Governo anuncia criação da Fundação de Amparo Ciência e Tecnologia de Roraima Destaque

Escrito por WESLEY OLIVEIRA
Roraima era o único Estado que ainda não fazia parte do Conselho Nacional Roraima era o único Estado que ainda não fazia parte do Conselho Nacional Neto Figueredo

O governador de Roraima Antonio Denarium, anunciou nesta segunda-feira, 17, durante Workshop, o painel ‘Desafios e Perspectivas das Políticas de Amparo à Pesquisa em Roraima’ a criação da Faperr (Fundação de Amparo e Pesquisa de Roraima) que dará suporte técnico às ações de pesquisa para toda a comunidade científica de Roraima.

O evento ocorreu no auditório do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) com as instituições de ensino superior de Roraima apresentando os resultados positivos das pesquisas na área de Ciência, Tecnológico e Inovação em Roraima.

“É um momento importante a formação do grupo de trabalho, onde o Governo de Roraima firma uma parceria com as intuições de ensino superior do Estado para a criação do Parque tecnológico de Roraima. Dessa forma, vamos criar também o fundo de amparo à pesquisa para que tenhamos algumas ações tecnológicas para aumentar a produção e criar soluções técnicas que possam aumentar a produtividade em Roraima’, disse Antonio Denarium.

O presidente do IACTI (Instituto de Amparo Ciência e Tecnologia e Inovação) Aluízio Nascimento, ressaltou a necessidade de o Estado fazer parte do Confap com a criação da Faperr.

"Roraima era o único Estado que ainda não tinha uma Fundação de Ampara à Ciência e Tecnologia. Esse é um compromisso do governador Antonio Denarium, esse é o nosso compromisso para que o Estado possa avançar. Então estamos dando um passo muito importante que vai beneficiar toda sociedade", ressaltou Nascimento.

De acordo com o presidente do Confap (Conselho Nacional das Fundações de Amparo à Pesquisa), Edvaldo Vilela, sem educação, ciência e tecnologia não haverá desenvolvimento.

“Educação, Ciência e Tecnologia são a base para o desenvolvimento. E nosso problema no Brasil é a falta de desenvolvimento. A criação de amparo em Roraima vai suscitar uma discussão que vai levar as instituições e pessoas a terem um coletivo. Roraima tem hoje, uma discussão muito especial encaminhada pelo governador, que luta com muita dignidade para vencer todas as dificuldades e dar um futuro para Roraima”, explicou.

COMUNIDADE ACADÊMICA - A ideia do Workshop foi de sensibilizar as autoridades locais sobre a importância da manutenção e aprovação de projetos de pesquisas na área de Ciência Tecnologia e Inovação em Roraima.

O encontro contou ainda com a presença dos representantes do IFRR (Instituto Federal de Roraima), INPA (Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia), UERR (Universidade Estadual de Roraima), UFRR (Universidade Federal de Roraima), e Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária).

Na oportunidade os representantes de cada instituição reforçaram a necessidade de apoio para a manutenção de projetos no campo do científico.

“É um momento muito importante não somente para a Universidade apresentar os dados que vêm desenvolvendo no campo da pesquisa, mas para que a comunidade entenda a importância da Fundação de Amparo à Pesquisa como uma ferramenta para o desenvolvimento do nosso Estado”. declarou Jeferson Fernandes reitor UFRR.

Para o vice-presidente do Confap, e presidente da Fapeal (Fundação de Amparo e Pesquisa de Alagoas), Fábio Guedes, a criação da Fundação é um sonho aguardado pela comunidade científica do Estado de Alagoas e Roraima.

“É uma vitória da comunidade científica, isso vai incrementar as relações da comunidade científica e das instituições com o Governo do Estado. Vai atrair também para Alagoas, programas importantes no cenário Nacional. Além disso, Roraima pode contar através da Faperr com um aporte substancial de instituições internacionais. É importante a criação dessa Fundação, porque uma vez fazendo parte do Conselho ela pode incrementar e fazer a interligação no plano nacional”, declarou Guedes