Imprimir esta página
Terça, 15 Setembro 2020 20:14

LEI ALDIR BLANC | Secult discute com grupos musicais sobre cadastro de artistas do interior do Estado Destaque

Escrito por Raisa carvalho
LEI ALDIR BLANC | Secult discute com grupos musicais sobre cadastro de artistas do interior do Estado Anderson CK

Uma comitiva formada por representantes de grupos musicais de Roraima esteve reunida com o secretário de Cultura, Johnson Castro, para definir estratégias que facilitem o cadastro de artistas do interior do Estado. Outro tema abordado na reunião e de extrema importância neste momento para a cultura foi sobre as premissas da Lei Aldir Blanc e sua atual situação.

A comitiva contou com representantes de diversos gêneros artísticos, entre eles, forró, xote, samba, pagode, rap e hip hop e música gospel, além de representantes da Asimut (Associação de Músicos, Sonorização, Iluminação e Auxiliares).

O projeto envolve realizar uma força-tarefa com apoio dos artistas para cadastrar e mapear profissionais do ramo musical não somente da capital, mas também dos municípios do interior. Na ocasião, o secretário recebeu de presente um artefato indígena com o nome de Roraima.

"Nos reunimos com toda a equipe da Asimut e queremos parabenizar por essa iniciativa e agrupamento em um momento em que todos estamos passando. A secretaria se coloca à inteira disposição para para poder fomentar e auxiliar os setores culturais e o segmento de música, para podermos de fato aplicar políticas públicas. A reunião alinhou parcerias para auxiliar o cadastro e, assim, conseguirmos alcançar aqueles artistas que não têm como se cadastrar", explicou.

Conforme o presidente da Asimut, Juninho Pegada, o objetivo é ampliar a parceria entre a Secult e associação. "Foi uma primeira reunião para definir estratégias e ações conjuntas para que possamos atingir todos os artistas e músicos do Estado, principalmente em áreas indígenas, para que todos aqueles que precisem consigam receber o auxílio da Lei Aldir Blanc", relatou.