Sexta, 07 Agosto 2020 20:54

HEMORAIMA | Todos os tipos sanguíneos estão com reservas menores do que o necessário Destaque

Escrito por ASCOM SESAU
O Hemoraima está com o estoque crítico para todas as tipagens. Os doadores podem comparecer a unidade e fazer doação espontânea ou agendar atendimento   O Hemoraima está com o estoque crítico para todas as tipagens. Os doadores podem comparecer a unidade e fazer doação espontânea ou agendar atendimento Ascom Sesau

Você que é doador de sangue ou tem interesse em ajudar o próximo, pode hoje mesmo fazer a boa ação. O Hemoraima (Centro de Hemoterapia e Hematologia de Roraima) está com o estoque de sangue em estado crítico para todos os tipos sanguíneos. Diante dessa realidade, a Unidade está fazendo o chamamento de doadores. O objetivo é reabastecer o estoque para ter condições de atender as demandas das unidades de saúde do Estado.

De acordo com a gerente do Núcleo de Captação do Hemoraima, Juliane Uchôa, as doações diminuíram bastante nesse momento de pandemia. Mas ela reforça que é seguro doar durante esse período, uma vez que estão sendo seguidos todos os protocolos de segurança.

“Estamos precisando de doações de todos os tipos sanguíneos, sem exceção. Como medidas de prevenção à COVID-19, o uso de máscaras passou a ser obrigatório no Hemocentro de Roraima, além da higiene redobrada em todas as áreas que o doador tem acesso e também passou a disponibilizar álcool em gel para a limpeza das mãos e a adotar a distância de uma cadeira entre cada doador”, disse.

COMO DOAR – O Hemoraima está de portas abertas para doadores das 7h30 às 12h e das 13h30 às 18h, na avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, próximo ao HGR (Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento). É possível agendar ligações pelo (95) 9-8404-9593, mas doações espontâneas também serão bem-vindas.

Para doar sangue, a pessoa deve ter entre 16 anos e 69 anos e 11 meses (59 anos e 11 meses para a primeira doação). Os menores de 18 anos precisam da presença do responsável legal, bem como cópia da carteira de identidade.

É necessário ter mais de 50 quilos, estar alimentado e em boas condições de saúde, além de apresentar um documento original, com foto. São exemplos: RG (Registro Geral), CNH (Carteira Nacional de Habilitação) ou Carteira de Trabalho.

A instituição alerta também que é preciso observar os intervalos entre as doações de sangue: três meses para homens e quatro meses, para mulheres.