Terça, 04 Agosto 2020 21:49

SAÚDE DA FAMÍLIA | Profissionais discutem sobre a importância da alimentação saudável durante a pandemia Destaque

Escrito por ASCOM SESAU
Participaram profissionais que atuam nas unidades básicas de saúde nos municípios de Amajari , Boa Vista, Caracaraí, Pacaraima e Rorainópolis   Participaram profissionais que atuam nas unidades básicas de saúde nos municípios de Amajari , Boa Vista, Caracaraí, Pacaraima e Rorainópolis Ascom Sesau

A qualidade da alimentação, durante a pandemia causada pelo Coronavírus (COVID-19), é um tema acompanhado de perto por profissionais da rede estadual que atuam na saúde. Pensando sobre como auxiliar as famílias a manterem o cardápio rico em nutrientes, profissionais de nutrição participaram de uma videoconferência sobre o tema, nesta terça-feira (4).

O encontro virtual foi realizado pela CGAB (Coordenadoria Geral de Atenção Básica) por meio do NASF(Núcleo de Apoio a Saúde da Família), com apoio do Núcleo de Telessaúde. O foco é fortalecer o diálogo para que os profissionais possam atender as demandas da área de nutrição no interior do Estado de forma segura, alinhar as ações, pensando em conjunto nas estratégias para melhorar o fortalecimento das atividades desenvolvidas no combate à desnutrição e na melhoria da alimentação da família.

Para a nutricionista Karla Gavazza, gerente do NASF, é fundamental que os profissionais que atuam nas unidades de saúde estejam alinhados sobre a política de atenção à saúde, para prestar o atendimento adequado à população. “E foi justamente para reforçar as ações que tivemos a ideia de realizar esse encontro para trocar experiência, falar sobre as medidas adotadas em cada unidade e compartilhar conhecimento”, esclareceu.

Outro ponto debatido na videoconferência foi manuseio adequado dos alimentos consumidos na mesa, levando em conta o valor nutricional de cada item.  “Percebemos que a insegurança alimentar se instalou com mais força, uma vez que muitos pais perderam o emprego e foram obrigados a comprar alimentos mais baratos, aqueles considerados básicos que proporcionam ao corpo uma alimentação com falso valor nutricional, capaz de causar sérios problemas de saúde”, enfatizou.

FORTALECENDO O CONTATO

A videoconferência foi a primeira e já serviu para o início de um trabalho integrado entre os profissionais. Outros encontros individuais serão realizados para manter o diálogo. “O diferencial esse ano foi a troca de experiência entre as equipes e os profissionais de cada município, conhecendo a metodologia de trabalho e as dificuldades enfrentadas. Conseguimos envolver todos os colegas e despertar o interesse de que cada um em implementar no seu município estratégias para fortalecer o trabalho” destacou a Karla.

 

--