Quarta, 01 Julho 2020 01:16

RESSOCIALIZAÇÃO | Reeducandos do CPP realizam trabalho interno durante pandemia Destaque

Escrito por WESLEY OLIVEIRA
Os trabalhos do projeto tiveram início no final do mês de março e contam com 20 internos, todos do regime semiaberto Os trabalhos do projeto tiveram início no final do mês de março e contam com 20 internos, todos do regime semiaberto Sejuc

O Governo de Roraima, por meio da Sejuc (Secretaria de Justiça e Cidadania), segue firme na reestruturação do sistema prisional de Roraima. Em mais uma ação da pasta, reeducando CPP (Centro de Progressão de Pena), que antes do início da pandemia saíam para trabalhar, agora realizam trabalho interno no cultivo de hortaliças.

Os trabalhos do projeto tiveram início no final do mês de março e contam com 20 internos, todos do regime semiaberto. Segundo o secretário de Justiça e Cidadania, André Fernandes, um dos benefícios para quem aderiu ao projeto será a remissão de pena.

“A Sejuc vem, de maneira satisfatória, através de diversos projetos como esse, desempenhando seu papel na execução da pena. Não podemos esquecer que uma fase da aplicação da pena também consiste no retorno ao convívio social. O Benefício legal é a remissão dos internos, que para cada três dias trabalhado atenua um dia na pena, além de ter a oportunidade de sair do sistema com uma profissão [lavoura]”, esclareceu.

A execução das atividades ocorre na própria unidade, localizada na região do Monte Cristo, zona rural de Boa Vista. A área utilizada para plantação, onde antes havia só mato, hoje dá lugar ao cultivo de legumes e hortaliças, como milho, feijão, couve, cheiro verde, tomate, quiabo, abobrinha, além de mil mudas de mandioca.

De acordo com André, toda a produção será destinada ao consumo dos internos e para melhoria na alimentação por parte da Sejuc. “Os produtos são destinados ao consumo dos próprios internos, com acréscimo na alimentação, que chega diariamente para eles. Além disso, realizamos a venda à sociedade, de maneira que o dinheiro arrecado será aplicado novamente no projeto da horta”, complementou.