Sábado, 27 Junho 2020 21:03

AMPLIAÇÃO DE LEITOS | Hospital de Campanha aumenta número de leitos de 80 para 254 após uma semana de funcionamento Destaque

Escrito por RORIGO SANTANA
Ao todo, foram disponibilizados 174 novos leitos para atendimento dos pacientes com COVID-19 Ao todo, foram disponibilizados 174 novos leitos para atendimento dos pacientes com COVID-19 Eides Antonelli

A parceria entre o Governo de Roraima com o Exército, por meio da Operação Acolhida para salvar a vida de pacientes da COVID-19, tem apresentado bons resultados. Após uma semana de funcionamento, a APC (Área de Proteção e Cuidados) iniciou neste sábado, 27, a expansão do número de leitos de 80 para 254.

São 174 novos leitos para ajudar na recuperação dos pacientes que são transferidos do Hospital Geral de Roraima, que continua sendo responsável por fazer a triagem das pessoas diagnosticadas com a COVID-19.

O anúncio da novidade foi feito pelo governador Antonio Denarium durante visita ao Hospital de Campanha na manhã deste sábado, com a presença do comandante da Operação Acolhida, general Antônio Barros.

“Eu fui novamente ao Hospital de Campanha para verificar de perto os trabalhos realizados pela equipe médica, que merece todo o nosso agradecimento pelo excelente desempenho em salvar a vida das pessoas. Estou muito feliz com a parceria que fizemos com o Exército, por meio da Operação Acolhida para a  implantação do Hospital de Campanha, que, em menos de uma semana de funcionamento, mais que dobrou o número de leitos”, reforçou.

Ainda durante à visita ao Hospital de Campanha, o governador comemorou o resultado destacou a importância da medida adotada pelo Governo, para a contratação da empresa aérea Azul Cargo que está fazendo o transporte de insumos para a manutenção dos atendimentos clínicos nas unidades hospitalares do Estado e no Hospital de Campanha.

“Pra garantir que tudo funcione, estamos fornecendo EPI's [Equipamentos de Proteção Individual], medicamentos, produtos médico-hospitalares, UTI's [Unidades de Terapia Intensiva], Laboratório, lavanderia; além de todos os profissionais de saúde, médicos, enfermeiros, bioquímicos, farmacêuticos e fisioterapeutas. E para garantir o bom atendimento aos pacientes, com toda a segurança para os nossos profissionais, contratamos a Azul Cargo que vai agilizar a logística do transporte de insumos”, destacou.

A Azul Cargo foi contratada por meio de licitação para trazer de São Paulo, em voo semanal, os produtos médico-hospitalares e os medicamentos necessários para o combate à Covid-19.

“Isso mostra que estamos trabalhando com um planejamento adequado para que as unidades de saúde do Estado sigam com seus atendimentos aos pacientes da COVID-19. Esse é o nosso compromisso para enfrentar a pandemia do coronavírus”, mencionou.

Fluxo atual do atendimento do Hospital de Campanha

Segundo o general Antônio Barros, comandante da Operação Acolhida, informou que o Hospital de Campanha conta com um corpo clínico de 380 profissionais de varias áreas da saúde. Desde que começaram os atendimentos, 26 pacientes já tiveram alta hospitalar.

“Estamos confiantes com o nosso trabalho para a recuperação dos pacientes. Inclusive, os 80 leitos que foram disponibilizados seguem ocupados e agora com a expansão de mais 174 leitos, vamos manter um excelente atendimento aos pacientes”, reforçou.

O general explicou que o fluxo de atendimento aos pacientes está transcorrendo de maneira rápida e eficiente, sem nenhum tipo de transtorno.

“O fluxo de atendimento hospitalar está muito bom. Vamos continuar nesse trabalho de sinergia, de coordenação, na liderança do Governo do Estado. O efetivo de profissionais de saúde vai mais que dobrar, só de profissionais do corpo clínico, oferecendo segurança tanto para os profissionais quanto para os pacientes”, esclareceu.