Terça, 30 Abril 2019 14:49

Comissão Externa de deputados federais visita Roraima para tratar da crise imigratória

Escrito por BRUNA ALVES
Avalie este item
(0 votos)
Eduardo Bolsonaro (SP) e Antonio Carlos Nicoletti (RR) compuseram a comissão visitou unidades de saúde Eduardo Bolsonaro (SP) e Antonio Carlos Nicoletti (RR) compuseram a comissão visitou unidades de saúde EDERSON BRITO/SECOM-RR

Parte da Comissão Externa formada por deputados federais de todo Brasil esteve em Roraima para acompanhar a situação da crise imigratória, principalmente na área de Saúde. Ao lado do governador Antonio Denarium, os parlamentares Antonio Carlos Nicoletti (RR), Eduardo Bolsonaro (SP), Cel Chrisóstomo de Moura (RO), delegado Pablo Oliva (AM) e general Eliéser Girão (RN) visitaram o HGR (Hospital Geral de Roraima), HMI (Hospital Materno-Inafantil) e o Hospital das Clínicas.
O objetivo foi constatar quais os impactos que a crise migratória venezuelana tem causado no Estado e para o Brasil. Denarium ressaltou a importância de ter o apoio dos deputados para resolver as questões relacionadas à crise.
“Todas as demandas foram levantadas para que os deputados levem ao Governo Federal, porque nós dependemos de apoio para que possamos atender aos venezuelanos e aos brasileiros com a melhor qualidade de prestação de serviço, não somente na saúde como também na educação, infraestrutura e na segurança”, disse o governador.
O deputado federal por Roraima e coordenador da Comissão Externa, Antonio Carlos Nicoletti, frisou que a comissão está levantando dados de todas as unidades de saúde a fim de buscar soluções para as demandas.
“Sabemos que de 40% a 60% dos leitos são ocupados pelos venezuelanos e que não está vindo recurso a mais para amparar essa situação. Faremos o relatório com esses anos para buscar soluções junto ao Governo Federal, principalmente no envio de recursos para Roraima”, pontuou Nicoletti.
Também membro da Comissão Externa, o deputado federal por São Paulo, Eduardo Bolsonaro, pontuou que a crise migratória gerou grande reflexo em Roraima e no resto do País e por isso precisa de uma atenção especial.
“Durante a visita na UTI [Unidade de Tratamento Intensivo] neonatal do Hospital Materno-Infantil, notamos que das 46 crianças recém-nascidas, 40 são filhos de mães venezuelanas. Isso já demonstra que esse não é mais um problema regional e sim do Brasil, prova disso que estão aqui deputados de várias regiões do País”, justificou Eduardo Bolsonaro.

COMITIVA EXTERNA – A comissão foi criada por meio do Art. 38 do Regimento Interno da Câmara dos Deputados, conforme requerimento do deputado Nicoletti, com objetivo de tratar da crise na Venezuela, em especial na fronteira com o Brasil.
Fazem parte ainda os deputados Waldir Soares, de Goiás; José Medeiros, do Mato Grosso, e Roberto Pessoa, deputado pelo estado do Ceará.

Ler 1372 vezes