Quarta, 25 Março 2020 11:51

CORONAVÍRUS Secretaria de Saúde e MPRR | Acompanham instalação de Hospital de Campanha no estádio Canarinho Destaque

Escrito por LIDIANE OLIVEIRA
O secretário de Saúde, Francisco Monteiro e a promotora de justiça, Jeanne Sampaio acompanharam o início dos trabalhos nesta terça-feira, 24 O secretário de Saúde, Francisco Monteiro e a promotora de justiça, Jeanne Sampaio acompanharam o início dos trabalhos nesta terça-feira, 24 Ascom Sesau

Diante da preocupação de atender as necessidades da população e garantir que Roraima não sofra de forma tão agressiva as consequências da pandemia causada pelo novo coronavírus (COVID-19), o Governo do Estado, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde) não tem medido esforços para garantir a assistência adequada aos pacientes que precisam utilizar o serviço público de saúde.

Esta semana esse trabalho ganhou reforço do MPRR (Ministério Público do Estado de Roraima), que por meio da promotora de Justiça, Jeanne Sampaio, vem exercendo um importante papel na construção das medidas de contingenciamento contra o novo coronavírus.

Nesta terça-feira, dia 24, o secretário de Saúde, Francisco Monteiro Neto, acompanhado da promotora de Justiça, Jeanne Sampaio, esteve no estádio Canarinho, conferindo o andamento dos trabalhos de instalação do Hospital de Campanha, que subsidiará o atendimento aos pacientes que necessitarem de atendimento nesse momento de pandemia.

“O Ministério Público é uma das instituições que atua na garantia dos direitos individuais e coletivos e como representante do cidadão, cumpre um papel importantíssimo enquanto fiscal da lei. Para a gestão essa aproximação é a certeza de que as ações estão sendo executadas com responsabilidade e compromisso, atendendo as normas legais”, enfatizou o secretário de Saúde.

O Hospital de Campanha contará com uma equipe clínica médica e especialidades e funcionará 24 horas. “O trabalho é contínuo, uma vez que o objetivo da gestão é atender a preocupação do governador Antonio Denarium de garantir a reestruturação da saúde e assegurar ao povo macuxi, bem como às pessoas que escolheram Roraima para viver, a segurança de que podem confiar no SUS [Sistema Único de Saúde]”, ressaltou Monteiro.