Sexta, 14 Fevereiro 2020 15:49

COPA DO BRASIL | Partida entre São Raimundo e Cruzeiro atrai cinco mil torcedores ao Estádio Canarinho Destaque

Escrito por RODRIGO SANTANA e BRUNO WILLEMON
Reinaugurado pelo Governo de Roraima, o estádio recebeu torcedores dos dois clubes e admiradores do esporte Reinaugurado pelo Governo de Roraima, o estádio recebeu torcedores dos dois clubes e admiradores do esporte Secom/RR

Os cinco mil assentos do Estádio Flamarion Vasconcelos, mais conhecido como Canarinho, estavam todos ocupados durante a partida acirrada da primeira fase da Copa do Brasil, entre São Raimundo e Cruzeiro, que marcou a reinauguração do local na noite desta quinta-feira, 13.

A obra foi finalmente concluída, após quase oito anos parada. A reforma chegou ao fim graças ao empenho do Governo de Roraima em devolver o espaço para a população que a partir de agora volta a receber competições oficiais e eventos esportivos escolares.  

O jogo foi marcado por momentos de tensão e alegria entre os torcedores, que acompanhavam atentos os principais lances. Enquanto os jogadores davam o seu melhor em campo, na arquibancada os torcedores não paravam nenhum instante.

Carlos Mesquita não escondeu o entusiasmo de ver o São Raimundo, seu time do coração, em campo.

“Acompanhar a partida no Canarinho é uma alegria. Há anos aguardávamos a reinauguração do estádio para ver um jogo aqui novamente. Esse local faz parte da história do esporte roraimense”, disse, emocionado, o torcedor.

E para quem pensa que futebol é apenas um hobby masculino, a disputa mostrou o contrário. O público feminino também marcou presença no estádio Canarinho. Lucia Magalhães foi acompanhada do marido e do filho. Ela confessou ser apaixonada por futebol, o que motivou a empresária a assistir a disputa.

“Estar em um estádio com uma estrutura nova, assistindo uma partida de futebol é uma sensação indescritível. Quando começaram a vender o ingresso, não perdemos tempo e compramos logo para garantir”, falou.

Em meio à torcida organizada, Luiz Paiva apareceu todo caracterizado para aproveitar o jogo. Com a camisa do Cruzeiro, ele não se intimidou com a torcida adversária, em maior número no estádio.

“Torcedor é torcedor. É precioso de fôlego para agitar a arquibancada e animar os jogadores. Mesmo com torcedores adversários em maior número, não ficamos por baixo”, relatou.

Outro espectador do jogo, Vinícius Melo saiu satisfeito por assistir à partida na estrutura nova do estádio Canarinho. “Foi agradável assistir ao jogo no Canarinho. Que venham mais jogos para que possamos assistir de perto com todo conforto que o estádio oferece. Parabéns ao Governo de Roraima por finalizar a obra que era bastante aguardada pela população”, complementou.

A OBRA - Antes de voltar a ser o principal palco do futebol roraimense, o novo Canarinho passou por uma longa reforma, com diversas paralisações. A obra do estádio estava paralisada quando o governador Antonio Denarium assumiu o Governo de Roraima.

“O Governo de Roraima conseguiu concluir a reforma e trazer novamente ao roraimense o principal palco do futebol local. É um compromisso com o dinheiro público. Obra que estava paralisada, que retomamos em junho do ano passado e entregamos em oito meses”, afirmou o governador.

A obra teve um investimento total de R$ 34 milhões, recursos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). Para se tornar possível o retorno do Canarinho, que até junho passado estava apenas 70% concluído, levando em consideração que a reforma iniciou em 2012.

Um trabalho intenso foi realizado para que o estádio voltasse a ser usado em apenas oito meses de reforma. O jogo que marcou a reinauguração contou com refletores em cima das arquibancadas, algo que não tinha no antigo Canarinho. Os jogadores dos dois times poderão se aquecer em vestiários confortáveis com grama sintética para aquecimento, outra novidade do novo Canarinho. Os atletas que estiverem esperando a oportunidade para entrar em campo, estarão sentados em um banco de reservas mais confortável, em cadeiras individuais almofadadas, algo também inédito no estádio roraimense.

 FIM DE JOGO

São Raimundo e Cruzeiro ficam no 2 a 2 e time mineiro avança na competição

O Cruzeiro avançou para a próxima fase da Copa do Brasil após empate em 2 a 2 com o São Raimundo. Vera Cruz e Stanley marcaram para o time roraimense, enquanto Edu e Alexandre Jesus fizeram os gols da classificação da Raposa.

Cinco mil pessoas assistiram ao duelo que marcou a reinauguração do principal estádio de Roraima.

O primeiro tempo foi equilibrado. O São Raimundo, com o apoio da maioria da torcida, tentava impor ritmo mais intenso. Até porque precisava da vitória para se classificar. O Cruzeiro, que poderia avançar até com um empate, cadenciava mais o jogo, mas em ligações rápidas levava perigo ao adversário nos contra-ataques.

O Cruzeiro quase abre o placar aos 16 minutos com a bola na trave de Jhonatan Robert. Vera Cruz, aos 25 minutos, arrancou o grito de gol da torcida do São Raimundo, aproveitando resvalada de Belão após cobrança de falta.

Aos 33 minutos um balde de água fria na torcida roraimense. Depois de uma cobrança de escanteio, Edu ganha dividida e bate cruzado para empatar o jogo: festa da torcida mineira.

No segundo tempo, o São Raimundo retornou com a linha avançada para tentar pressionar o Cruzeiro. Mas, aos 4 minutos, a Raposa virou o jogo em rápido contra-ataque que terminou com o gol de Alexandre Jesus: 2 a 1 para o time mineiro.

Para botar fogo no jogo, o treinador Chiquinho Viana atendeu ao pedido da torcida e colocou o jogador Stanley no lugar de Vanilson aos 18 minutos. Um minuto depois o atacante correspondeu aos torcedores e empatou o duelo com um golaço de primeira.

O São Raimundo melhorou após o empate e tinha mais volume de jogo. Aos 32 minutos, Edu, do Cruzeiro, após entrada dura em Stanley, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso de campo. A reta final foi dramática com o Mundão tentando o gol da classificação, mas não soube aproveitar a oportunidade de ter um homem a mais. O Cruzeiro bem compactado, garantiu o empate de 2 x 2 e a vaga para a próxima fase da Copa do Brasil.

Presente no estádio, o governador Antonio Denarium comemorou a partida e elogiou o empenho do São Raimundo, que "fez bonito para o público roraimense".

"Agora a nossa população tem um novo Canarinho. Foi uma emoção muito grande ouvir e ver os torcedores nesse que voltou a ser o palco esportivo do nosso Estado", enfatizou Denarium.