Segunda, 10 Fevereiro 2020 20:34

CARNAVAL | Confira as dicas do Ipem-RR para aproveitar a folia em segurança neste carnaval Destaque

Escrito por ASCOM/IPEM-RR
 Fantasias e acessórios devem apresentar o selo do Inmetro e informações sobre faixa etária na embalagem do produto Fantasias e acessórios devem apresentar o selo do Inmetro e informações sobre faixa etária na embalagem do produto Ipem-RR

Com a proximidade do carnaval, os blocos já começam a programar a folia e o Governo do Estado, por meio do Ipem-RR (Instituto de Pesos e Medidas de Roraima), tem dicas importantes e simples para que você, consumidor, possa aproveitar as festas ou sua viagem em segurança.

Segundo Jackson Medeiros, diretor de Qualidade e Metrologia do Ipem-RR, os cuidados vão desde a compra de fantasias até itens de acessórios da moda.

“As fantasias devem obrigatoriamente ostentar a etiqueta têxtil, pois nela constam as informações sobre a composição do tecido, importantes para que sejam evitadas reações alérgicas; também dados sobre a origem do produto e identificação do fabricante”, disse Medeiros.

Sobre as fantasias infantis, o diretor ressaltou que a atenção deve ser dobrada. “Evite cordões fixos ou ajustáveis, pois eles podem prender em objetos e sufocar a criança; botões pequenos, lantejoulas e adesivos, que podem ser engolidos e causar engasgamento; zíperes sem proteção, que podem prender ou cortar a pele”, pontuou Medeiros.

Acessórios, como máscaras, são classificados como brinquedos e, portanto, devem apresentar o selo do Inmetro. Algumas máscaras, por exemplo, podem causar asfixia e outros brinquedos podem ter peças pequenas que podem ser engolidas.

“É importante verificar a faixa etária descrita na embalagem do produto e sempre procure o selo do Inmetro, principalmente quando se trata de acessórios da moda e infantis, como máscaras, tiaras de princesa, colares, tornozeleiras, chapéu, e óculos”, completou Jackson Medeiros.

Cuidados com preservativos

Os preservativos são regulamentados pela Anvisa e o Inmetro é o responsável pelas regras do programa de certificação. Antes de comprar, verifique a presença da marca do Inmetro e do organismo de certificação, assim como a data de validade e instruções de uso.

Os preservativos devem ser vendidos em pacotes com uma unidade ou várias, mas nunca de forma avulsa, o que é autorizado apenas em campanhas do Ministério da Saúde.

Fique ligado!

Em caso de acidentes de consumo envolvendo fantasias, ou qualquer outro produto ou serviço, faça o relato no Sinmac (Sistema Inmetro de Monitoramento de Acidentes de Consumo), cujo endereço eletrônico é www.inmetro.gov.br/sinmac.

Em caso de produtos suspeitos, o consumidor pode fazer a denúncia junto à Ouvidoria do Ipem-RR, pelo telefone 0800-280-9590, ou pelo site www.ipem.rr.gov.br.