Quinta, 23 Janeiro 2020 13:25

TURISMO | Pesca esportiva atrai investidores para Roraima Destaque

Escrito por ISAQUE SANTIAGO
A  atividade atrai turistas de todas as partes do Brasil e do mundo e movimenta a economia local, gerando emprego e renda A atividade atrai turistas de todas as partes do Brasil e do mundo e movimenta a economia local, gerando emprego e renda Ederson Brito

Os rios de Roraima são algumas das melhores opções para a pesca esportiva no Brasil. Pensando nisso, a empresa Vilanova Amazon, que atua no ramo no estado do Amazonas, pretende investir no turismo local por meio dessa atividade que atrai praticantes do país inteiro, como também de outras localidades.

Na tarde desta quarta-feira, 22, o governador Antonio Denarium recebeu representantes da empresa Vilanova no Palácio Senador Hélio Campos para conversar sobre as possibilidades de instalar operações nos rios roraimenses.

Operadores são hotéis, barcos de pesca, entre outras atividades turísticas. Em alguns rios o número de operadores é limitado.

O empresário Vitor Vilanova, proprietário da Vilanova Amazon, pretende identificar um local adequado, com o apoio técnico da Femarh (Fundação Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos) para instalar a operação de forma sustentável.

 “A nossa ideia já de muito tempo é de fomentar o turismo de pesca esportiva, um mercado grande no mundo inteiro, aqui no Estado de Roraima. Com isso vamos trazer muita gente para deixar dinheiro aqui no Estado, movimentar a economia local de Boa Vista, que é uma cidade com vários rios em volta, cheios de peixe, que dá para se explorar o turismo de forma sustentável, mas que perde para muitos municípios pequenos do Amazonas”, disse.

O governador Antonio Denarium afirmou que é importante fomentar o turismo de pesca esportiva que é um mercado muito promissor, pois Roraima tem um grande potencial pelos grandes rios repletos de diversas espécies de peixes.

O presidente da Femarh, Ionilson Sampaio afirmou que primeiro é preciso analisar onde a empresa pretende exercer a atividade de pesca esportiva, pois existem alguns rios que têm restrições em relação ao número de operadores devido a um excesso de operações ou de pescadores.

 “Existem estudos em alguns rios que limitam esse número de operações, mas vamos estudar os locais que eles podem instalar novos empreendimentos, verificar a viabilidade para garantir um turismo de forma sustentável, gerando emprego e renda. O turismo é uma maneira muito eficiente de atrair investimentos para o Estado”, declarou Sampaio.