Imprimir esta página
Terça, 14 Janeiro 2020 13:53

Seed recupera caminhão que estava recolhido no pátio da PRF desde setembro de 2018 Destaque

Escrito por MÁGIDA AZULAY KHATAB
Agora o veículo, com capacidade de transportar 29 mil toneladas, será utilizado para o transporte de materiais, equipamentos e merenda escolar Agora o veículo, com capacidade de transportar 29 mil toneladas, será utilizado para o transporte de materiais, equipamentos e merenda escolar Ascom/Seed

Recolhido pela PRF-RR (Polícia Rodoviária Federal em Roraima) na noite do dia 20 de setembro de 2018, ainda na gestão passada, o caminhão baú truncado placa NAT-0116, da marca Ford, modelo cargo, estava parado no pátio terceirizado da instituição.

Segundo o DRV (Documento de Notificação de Recolhimento de Veículo), expedido pela PRF-RR, as infrações cometidas foram: portar no veículo placas de identificação em desacordo com as especificações e modelos estabelecidos pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito), veículo sendo conduzido sem o devido registro e licenciamento e com equipamentos obrigatórios em desacordo com o estabelecido pelo Contran.

Ao tomar conhecimento da situação do veículo apreendido, a gestão atual começou a adotar todas as medidas cabíveis para reaver o veículo, pertencente ao DAE (Departamento de Apoio ao Educando) e utilizado para o transporte de materiais. 

A gestão da Seed (Secretaria Estadual de Educação e Desporto) precisou arcar com as despesas de diárias pela permanência do veículo no pátio da empresa que atende à PRF-RR. Foi pago o valor de R$ 24.062,40 de diárias correspondentes há 180 dias, período máximo que podem ser cobradas diárias de acordo com a Lei n° 13.160 de 25 de agosto de 2019. 

Além de arcar com as despesas das diárias, a Seed teve que adotar também medidas administrativas para evitar que o veículo, avaliado em torno de R$ 80 mil, fosse a leilão. Com o esforço da atual gestão e após as medidas cabíveis, o veículo foi retirado do pátio terceirizado da Polícia Rodoviária na última terça-feira, 07.

Para tanto, foi necessário arcar com os reparos necessários, como colocação de placas novas, de tacógrafo (equipamento obrigatório que registra a distância percorrida e a velocidade), além de faixas refletivas, entre outros itens obrigatórios.

O caminhão já está no pátio da Seed para receber os últimos ajustes e começar a atender a secretaria. O caminhão, com capacidade para de 29 mil toneladas, será utilizado pelo DAE para o transporte de merenda escolar e livros didáticos e circulará em todos os municípios do interior.

“Esse caminhão será utilizado em 2020 em todo Estado para entregar merenda e livro didático. A força-tarefa foi grande, mas conseguimos pagar o pátio e sanar alguns problemas do veículo”, reforçou Naicon Rodrigues, diretor do DAE.