Sábado, 11 Janeiro 2020 21:15

MAIS SAÚDE | Secretário Allan Garcês se reúne em Brasília e promete inovações na saúde do Estado Destaque

Escrito por ASCOM/SESAU
Secretário da Sesau, Allan Garcês Secretário da Sesau, Allan Garcês Ascom Sesau

O secretário de Saúde do Estado, Allan Garcês, reuniu-se nessa sexta-feira, dia 10, no Ministério da Saúde-MS, na Secretaria de Vigilância em Saúde-SVS, com o secretário Wanderson Kleber de Oliveira e o diretor Marcos Quito para tratar das ações de vigilância em saúde no Estado de Roraima.

Dentre os avanços a serem implantados, destacam-se: no campo do Sistemas de Informação de Saúde-SIS de Vigilância, o fortalecimento dos sistemas de informação de notificação de agravos de notificação (SINAN) em todos os municípios com a informatização das unidades de saúde. A integração das informações de vigilância e atenção, ampliando a adesão e registro nominal dos pacientes nas salas de vacinação por meio do e-SUS Atenção Básica.

Também ficou acordado entre os secretários, que Roraima será pelo Ministério da Saúde o piloto do Sistema e-SUS Vigilância em Saúde (uma Plataforma de Vigilância em Saúde que foi desenvolvida pelo Estado do Espirito Santo). No campo da Vigilância Laboratorial, será implantando a primeira Unidade Avançada do Instituto Evandro Chagas/SVS-MS na região norte do país na área do Lacen/RR, a fim de ampliar a capacidade de pesquisa e laboratorial em Malária e Saúde do Viajante inicialmente.

Serão Instaladas unidades descentralizadas do LACEN para Coleta, Conservação e Transporte de amostras iniciando por Pacaraima.

Outro ponto que ficou acordado que Roraima será o piloto para informatização da logística de laboratórios de Saúde Pública para rastreabilidade das amostras e informatização do resultado para o médico e paciente. Será realizada a reforma e atualização da capacidade laboratorial do Estado de Roraima com ampliação dos testes disponíveis e incorporação tecnológica (multiplex e metagenômica).

Haverá capacitação de profissionais em novas técnicas laboratoriais, afim de melhorar a performance do Lacen/RR.

Preparação e Resposta às Emergências em Saúde Pública, atualização e fortalecimento do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS) da SESAUF e SMS/Boa Vista, e implantação do CIEVS em Pacaraima. Assim como a capacitação de profissionais em epidemiologia aplicada aos serviços do SUS (EpiSUS Fundamental e Intermediário) para investigação e monitoramento de surtos, desastres e outras emergências em saúde pública e desenvolver o Plano Estadual de Emergência em Saúde Pública em parceria com a SVS/MS.

Priorizar a imunização no Estado e ampliar a cobertura vacinais das vacinas do calendário nacional acima de 95%. Implantar o registro nominal para melhorar o monitoramento, ampliação da cobertura e garantir maior proteção e otimização dos recursos públicos. Realizar a capacitação das salas de vacina em parceria com a SVS do Ministério da Saúde. Garantir o abastecimento e monitoramento dos estoques estaduais e distribuição para os municípios.

Implantar um piloto do Centro de Diagnóstico e Tratamento Ampliado (antigo CTA) e implantação do Sistema de Vigilância de Infecções Sexualmente Transmissíveis. Fortalecimento da Vigilância de Hepatites virais e HIV/AIDS.

Na área de tratamento de Tuberculose, reduzir o abandono do tratamento por parte do paciente no Estado para menos de 5%. Com relação a hanseníase, ampliar o acesso ao diagnóstico e tratamento. Combater e reduzir do estigma da doença. Com relação a oncocercose, eliminar a Oncocercose das Américas com o tratamento de todos os 74 Yanomamis doentes em 2020.

Na próxima quarta-feira, dia 15, o Diretor Marcos Quito, estará em Roraima e se reunirá com o Secretário, Allan Garcês, para darem início a implantação dos projetos.