Sexta, 29 Novembro 2019 11:04

DEZEMBRO VERMELHO | Roraima registra queda no número de casos de HIV Destaque

Escrito por ASCOM/SESAU
O público masculino continua sendo o mais vulnerável à doença, segundo dados da Coordenadoria Geral de Vigilância em Saúde   O público masculino continua sendo o mais vulnerável à doença, segundo dados da Coordenadoria Geral de Vigilância em Saúde Divulgação

Dados da CGVS (Coordenadoria Geral de Vigilância em Saúde) apontam para uma significativa queda no número registro de HIV/Aids em Roraima. Até o dia

25 de novembro deste ano, foram notificados 444 casos, número inferior aos 613 diagnosticados todo o ano de 2018. Ainda segundo a CGVS, 396 notificações foram contabilizadas em 2017, 405 casos em 2016, e 304 registros em 2015. Somando os cinco anos, o Estado teve 2.162 notificações da doença. O levantamento apontou ainda que o público masculino continua sendo o mais vulnerável para o HIV. Do total de registros feitos entre 2015 a 2019, 1.558 casos foram confirmados em homens, enquanto as mulheres somam 604 registros. Com relação a faixa etária, observando o mesmo período, o órgão diagnostou 823 casos em pessoas com idade entre 20 a 29 anos, seguido de 623 casos entre 30 a 39 anos e 337 casos entre 40 e 49 anos.

Apesar de ainda não possuir cura, o HIV possui tratamento que pode prolongar

a expectativa de vida do paciente infectado. Os medicamentos são distribuídos

gratuitamente pelo SUS (Sistema Único de Saúde) e atualmente estima-se que exista 22 medicamentos, segundo informou o MS (Ministério da Saúde).

 Dezembro terá atividades de sensibilização

Com o propósito de sensibilizar a população sobre a importância da

prevenção contra o HIV, Aids e outras IST’s (Infecções Sexualmente Transmissíveis), a Sesau (Secretaria Estadual de Saúde), por meio do NCDST/AIDS (Núcleo de Controle de DST/AIDS), vai promover uma extensa programação alusiva ao Dezembro Vermelho, campanha internacional instituída pela ONU (Organização das Nações Unidas) em 1988.

 “Essa campanha é importante justamente pela potencialização das ações de prevenção, assistência, orientação sobre o HVI, Aids e IST’s, bem como a promoção dos direitos humanos para as pessoas que convivem com essas doenças”, destacou Sumaia Dias, coordenadora do NCDST/AIDS.

Conforme ela, a programação estadual inicia no sábado, dia 30, com a

oferta de testagem rápida para o público masculino, na CECM (Clínica EspecializadaCoronel Mota).

A ação será realizada a partir das 8 horas. O mesmo tipo de serviço também será oferecido para o público geral nos dias 2, 9, 10, 11 e 12 de dezembro e outros locais definidos pelo Núcleo.

A programação deste ano também terá uma oficina de capacitação em prevenção

combinada e manejo clínico para profissionais de saúde dos municípios do Estado.

A atividade ocorrerá no período de 3 a 5 de dezembro, das 8h às 12h e das 14h às 17h, no CRF-RR (Conselho Regional de Farmácia de Roraima), e palestra educativa sobre prevenção de IST’s nos dias 9 e 11 de dezembro, na DPE-RR (Defensoria Pública do Estado de Roraima).

Também foram confirmadas uma blitz educativa no dia 12 de dezembro, às 8h30 e 16h30, na Avenida Ville Roy, e uma ação educativa em ocupações de imigrantes venezuelanos na Capital.

 “As nossas ações são direcionadas para o público em geral, principalmente os jovens, população masculina, imigrantes e pessoas vivendo com HVI/Aids. E em todas ela, nós estaremos não só disponibilizando insumos de prevenção, que são os preservativos masculino e feminino, mas também levando essa mensagem de orientação sobre a importância de combate ao HVI”, pontuou Sumaia.