FUTEBOL | Escola do Atleta vence partida de abertura do I Campeonato de Futebol promovido pelo projeto

64

Abertura oficial foi realizada neste sábado (11), no Estádio Ribeirão. A competição segue até dezembro

Simone Cesário
Foto: Secom RR

Aos 13 anos, Kaike Macedo esbanja habilidade com a bola nos pés. Ele se destaca pelas embaixadinhas no projeto Escola do Atleta, desenvolvido pelo Governo do Estado, por meio da Setrabes (Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social), do qual é aluno desde 2015. Jogador da posição lateral esquerdo e espelhando-se no ídolo Newmar, o garoto garante que o projeto está contribuindo em muitos aspectos.

“Nunca tinha frequentado uma escola de futebol. Aqui estou conseguindo melhorar a parte técnica e também melhorei na escola. Já consegui fazer teste no Flamengo e não vou desistir, porque meu sonho é ser jogador de futebol”.

O projeto, que atende a quase 1.200 crianças e adolescentes de 6 a 17 anos em todo o Estado, realizou neste sábado (11) a abertura oficial do I Campeonato Regional de Futebol da Escola do Atleta.

A competição conta com participação de 15 equipes dos três polos da Escola do Atleta de Boa Vista: Estádio Ribeirão, Rei Pelé e Campo do Careca. Na partida de abertura, realizada entre o time da Escola do Atleta e a equipe visitante da Escola Estadual Ayrton Senna da Silva, campeã dos Jogos Escolares de 2017, os meninos da Escola do Atleta venceram com placar de 1 a 0.

“O projeto Escola do Atleta contribui para o desenvolvimento físico e educacional de crianças e adolescentes e, quem sabe, aqui possam estar futuros jogadores profissionais”, enfatiza a secretária-adjunta do Trabalho e Bem-Estar Social, Edilania Mangueira.

O Campeonato segue até dezembro. Durante a semana, serão realizados treinos intensivos para aprimorar a qualidade técnica das equipes e os jogos acontecem aos sábados, das 8h às 9h (Sub-13) e das 9h às 10h (Sub-17).

A coordenadora da Rede Cidadania Esportes, Caroline Maduro, explica que “a competição é importante tanto para melhoria do rendimento e qualidade técnica, como é um estímulo a mais para os treinos realizados durante as aulas”.

O Edmilson Figueiredo dos Reis Júnior, de 15 anos, que está no projeto desde 2015, garante que a Escola do Atleta traz benefícios que vão além do esporte. “É uma oportunidade para as crianças e adolescentes que gostam do futebol. Mas meu pai também fala que melhorei muito em casa e na escola depois que entrei na Escola do Atleta”.

Escola do Atleta – é o maior projeto de inclusão social por meio do esporte já desenvolvido em Roraima, que contribui para a formação social, educacional e física de crianças e adolescentes por meio da prática esportiva. No total, são quase 1.200 crianças e adolescentes de 6 a 17 anos atendidos atualmente pelo programa.

Em Boa Vista, o projeto é desenvolvido em cinco polos, sendo três deles da modalidade futebol, com 386 alunos. O projeto se expandiu para Rorainópolis, onde as crianças e adolescentes participam das aulas de futebol, ginástica e karatê. O último município a receber o projeto foi Bonfim, com as modalidades futebol, ginástica rítmica, atletismo, futsal e jiu-jítsu.