VACINAÇÃO – Roraima adotará estratégia para avaliar cobertura de campanhas

116

ASCOM SESAU

Fotos: Ascom Sesau

Pela primeira vez, a Sesau (Secretaria Estadual de Saúde) recebe técnicas do Ministério da Saúde para um treinamento sobre o Monitoramento Rápido de Cobertura (MCR), estratégia para supervisionar as ações de vacinação e melhorar adesão da população às campanhas. As orientações começaram a ser repassadas nesta quinta-feira (26) e se encerram no próximo sábado (27), com uma atividade prática no bairro Senador Hélio Campos.

O MCR supervisiona as ações após grandes campanhas de imunização e vem sendo adotada em vários países. O curso também capacitará os profissionais para adotar medidas de intervenção no caso de surtos ou quando a meta de vacinação não é atingida.

De hoje (25) a sexta-feira (26), 15 profissionais dos municípios, entre técnicos e agentes de saúde, participam de atividades teóricas no auditório da CGVS (Coordenação Geral de Vigilância em Saúde). No último dia de capacitação, no sábado (27), os conhecimentos serão colocados em prática com uma atividade de campo, na qual a equipe visitará residências do bairro Senador Hélio Campos, zona Oeste de Boa Vista, para estimar a cobertura vacinal da campanha mais recente, a de multivacinação de crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade, encerrada em setembro.

Segundo o gerente do Núcleo Estadual do PNI (Programa Nacional de Imunizações), Rodrigo Danin, a avaliação será feita pelas informações contidas na carteira de vacinação da criança. “Os profissionais precisam saber executar o método, pois ele é bastante útil para a avaliação da situação vacinal local. Estes resultados são importantes para nortear futuras estratégias”. Ao final do curso, os servidores capacitados serão multiplicadores deste treinamento em seus municípios de atuação.

O método para contabilizar a cobertura será o inquérito vacinal, considerado o mais eficaz pois contabiliza a população vacinada e não o número de doses aplicadas, evitando resultados superestimados.