OUTUBRO ROSA – Unacon promove exposição de artesanato feito por pacientes

36
Exposição busca chamar a atenção para a importância da prevenção contra o câncer de mama

 

Foto: Ascom Sesau

Unidas por um propósito em comum – melhorar a própria autoestima em meio ao tratamento contra o câncer – 15 mulheres do grupo de Apoio Psicossocial para Mulheres com Câncer da Unacon (Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia) aproveitaram o Outubro Rosa para expor seus trabalhos manuais e chamar a atenção para a importância da prevenção ao câncer de mama. A mostra de bijuterias está disponível no Roraima Garden Shopping, das 10h às 22h, até o fim do mês.

Nesta segunda-feira (23) foi realizada a abertura oficial da exposição de bijuterias, fruto de um trabalho de vários meses, realizado durante os encontros semanais do grupo de apoio, sob supervisão do artista plástico Edinel Pereira. Durante o evento, as pacientes participaram de dinâmicas como alongamento em grupo e leitura de poesias.

Orgulhosas de seus trabalhos, elas se divertiram ao posar ao lado de seus trabalhos, entre eles brincos e colares. O principal objetivo das atividades é favorecer a melhora e manutenção da autoestima das pacientes. Além disso, as exposições são realizadas para mostrar ao maior número de pessoas que é importante se cuidar e prevenir.

Para a psicóloga da Unacon, Nara Coqueiro, o trabalho do artista plástico Edinel Pereira está relacionado à mensagem que ela tenta passar para as mulheres, pois ele trabalha para que materiais recicláveis ganhem uma nova vida.

“Nosso trabalho carrega esse simbolismo. Nós trabalhamos o conceito de resiliência com elas e isso nada mais é que a capacidade de passar por adversidades, obstáculos e superar, sair transformado”.

A aposentada Joaquina Paes, de 65 anos, foi a primeira participante do grupo. Ela conta que o clima durante os encontros é sempre de alegria. “Nos reunimos toda segunda-feira e é muito bom. Eu me sinto sozinha, então esse grupo me ajuda porque nós viramos amigas”.

Há um mês no grupo, Nair Moura, de 55 anos, é uma das participantes mais recentes e diz que se arrepende de não ter ido antes. “Confeccionei 15 peças para essa exposição e estou achando esse trabalho ótimo porque ajuda a desestressar. Nós trocamos experiências, nos importamos umas com as outras e ficamos ansiosas pelas nossas reuniões”.

Os materiais não são comercializados. Após a exposição, as peças serão distribuídas entre as mulheres do grupo. A maioria das pacientes já foram submetidas aos tratamentos de quimioterapia e radioterapia e passam bem.

GRUPO DE APOIO – O grupo de apoio foi criado em 2013 e é coordenado pelos setores de Serviço Social e Psicologia da Unacon. Os trabalhos são complementados por profissionais como fisioterapeutas, nutricionista e enfermeiros. Além das confecções de artesanatos, são realizadas oficinas de alimentação saudável e rodas de conversas.

As exposições já fazem parte do calendário de atividades do grupo, todo ano com uma manifestação artística diferente, sempre com apoio do artista plástico Edinel Pereira. “Me sinto feliz e honrado por ajudar estas mulheres a passar pelo tratamento com mais alegria por meio da arte”.